!


Tarifas de pedágio sofrem reajuste no dia 1º; praça de Jaguariúna vai para R$ 12,70

A partir da zero hora de terça-feira, dia 1º de dezembro, entra em vigor o reajuste contratual anual das tarifas de pedágio das rodovias concedidas à Renovias, após um adiamento de quase seis meses. 

As tarifas são definidas pela Agência de Transporte do Estado de São Paulo (Artesp) e foram publicadas no Diário Oficial do Estado de 20 de novembro.

O aumento da tarifa segue os critérios contratuais, com a correção de inflação pelo indicador econômico IPCA acumulado entre julho/2019 e junho/2020. Neste caso, o índice ficou em 2,13%. O reajuste deveria ter entrado em vigor em 1º de julho, conforme estabelecido em contrato de concessão, mas foi postergado em razão da pandemia da Covid-19.

Reajuste de 2,13% entra em vigor no dia 1º de dezembro em todo o estado (Foto: Arquivo/Divulgação)

Em nota, a Renovias informou que, durante o período de isolamento social, manteve as atividades operacionais nas rodovias, como obras, serviços de manutenção, atendimento ao usuário e prestação de socorro. Foram realizadas ações de conscientização aos clientes e motoristas profissionais, com entrega de máscaras, álcool 70%, kits de alimentação e higiene, além de orientações.

A malha viária da Renovias liga Campinas, Circuito das Águas e sul de Minas: SP-340 (Campinas/Mococa), SP-342 (Mogi Guaçu/Águas da Prata), SP-344 (Aguaí/Vargem Grande do Sul), SP-350 (Casa Branca/São José do Rio Pardo) e SP-215 (Vargem Grande do Sul/Casa Branca), com extensão de 345,6 quilômetros. A concessionária administra as rodovias através do Programa de Concessões Rodoviárias do Governo do Estado de São Paulo.

Confira as novas tarifas, que são válidas para veículos de passeio e, em caso de veículos comerciais, por eixo:



Queda de árvore deixa parte da zona Leste sem energia

Um vendaval, seguido de chuvas e trovoadas, atingiu Mogi Mirim, no final da noite de sexta-feira, 27. Por causa disso, uma grande árvore acabou caindo sobre a fiação de energia elétrica à Rua José Domingos de Godoy Filho, mais conhecida como Morro do Sufoco.

Parte da Zona Leste acabou ficando sem energia elétrica por pelo menos uma hora e meia. O Corpo de Bombeiros chegou rapidamente ao local, juntamente com técnicos da Elektro, que providenciaram o aterramento para que o trabalhos de corte pudessem ser executados em segurança.

De acordo com o comandante Luiz Roberto Di Martini, os trabalhos duraram mais de quatro horas, terminando por volta das 2h deste sábado, 28. A Guarda Civil Municipal (GCM) precisou interromper o trânsito no local, liberando-o só após a retirada dos troncos.

A Elektro, por meio de um desvio, conseguiu restabelecer o abastecimento de energia nos bairros da região antes da meia noite. Ainda de acordo com o Corpo de Bombeiros, não houve registro de outras quedas de árvores na cidade durante a noite de ontem e madrugada deste sábado.

Elektro conseguiu restabelecer o abastecimento de energia antes da meia-noite (Foto: Arquivo/A COMARCA)

 

Após denúncias, pug furtada em Conchal é resgatada em Araras

Ana Paula Meneghetti

Denúncias anônimas resultaram no resgate da cachorrinha Manu, da raça pug, furtada de dentro da própria residência, em Conchal, na última segunda-feira, 23. Ela foi localizada na cidade de Araras, município vizinho a Conchal, e já está de volta ao lar.

Manu tem 1 ano e 7 meses e está com a família desde os 40 dias de vida. No momento do crime, Laura e o marido estavam no trabalho. O filho que percebeu, de imediato, o desaparecimento de Manu ao retornar para casa, após levar o almoço até o emprego da mãe. 

As imagens mostram quando um homem se aproxima do portão, parece brincar ou chamar Manu, que estava no quintal junto com os outros cães da família, e, apoiando-se numa mureta, pega a cachorrinha, passando-a por cima das grades. Em seguida, o suspeito sai correndo e sobe na garupa de uma motocicleta Biz, cor vermelha.

De acordo com as filmagens, o motorista da Biz usava um tênis verde e uma blusa roxa. Já o garupa vestia chinelos e moletom. Ambos estavam de capacetes. Não foi possível identificar a placa do veículo por conta da imagem desfocada.

Furtada em Conchal, de dentro da própria casa, Manu foi encontrada em Araras (Foto: Divulgação)



Editoria: ,

Família procura por pug furtada de residência em Conchal; câmeras registraram o crime

Ana Paula Meneghetti

Uma família de Conchal procura por uma cachorrinha da raça pug, furtada de dentro da própria residência. O caso ocorreu na manhã de segunda-feira, 23, por volta das 11h40, na região central da cidade e um boletim já foi registrado na Delegacia de Polícia local. Câmeras de monitoramento da vizinhança registraram o crime.

LEIA MAIS: Após denúncias, pug furtada em Conchal é encontrada em Araras

Manu tem 1 ano e 7 meses, é super dócil, e está com a família desde os 40 dias de vida. “Estamos desesperados”, afirmou Laura Abreu, em contato com a reportagem de A COMARCA.

No momento do crime, Laura e o marido estavam no trabalho. O filho que percebeu, de imediato, o desaparecimento de Manu ao retornar para casa, após levar o almoço até o emprego da mãe. “Quando a gente chega em casa, ela já vem de encontro. E ela não veio. Aí que a gente conseguiu as filmagens com os vizinhos aqui”, contou Laura.

As imagens mostram quando um homem se aproxima do portão, parece brincar ou chamar Manu, que estava no quintal junto com os outros cães da família, e, apoiando-se numa mureta, pega a cachorrinha, passando-a por cima das grades. Em seguida, o suspeito sai correndo e sobe na garupa de uma motocicleta Biz, cor vermelha.

De acordo com as filmagens, o motorista da Biz usava um tênis verde e uma blusa roxa. Já o garupa vestia chinelos e moletom. Ambos estavam de capacetes. Não foi possível identificar a placa do veículo por conta da imagem desfocada.

Laura fez diversas postagens de fotos e vídeos em grupos da região e também nos perfis particulares. Qualquer informação sobre o paradeiro de Manu pode ser enviada via inbox nos Facebooks de Laura Abreu, Gcm Abreu, Leonardo George ou pelos celulares  disponibilizados pela família: (19) 98941-7077 e (19) 99291-0374 (ambos WhatsApp) ou ainda em contato com a Guarda Civil Municipal (GCM) de Conchal, no telefone (19) 3866-1288.

Manu tem menos de dois anos de idade e é considerada muito dócil pela família (Foto: Divulgação)



Editoria: ,

Abastecimento de água é interrompido para manutenção do Saae

O abastecimento de água em Mogi Mirim foi interrompido nesta quarta-feira, 25, para um trabalho de manutenção realizado pelo Serviço Autônomo de Água e Esgotos (Saae). De acordo com nota divulgada pela autarquia nas redes sociais, os serviços foram realizados na estação de captação de água bruta.

Por essa razão, a captação foi interrompida. Consequentemente, o tratamento e distribuição de água também foram paralisados. Dessa forma, a maior parte da cidade está sem abastecimento. Os trabalhos já foram concluídos e a situação deve ser normalizada.

O Saae recomenda à população o uso racional da água. O abastecimento só deve voltar ao normal integralmente, em todas as regiões da cidade, nesta quinta-feira, 26.

Abastecimento de água foi interrompido nesta quarta-feira (Foto: Arquivo/A COMARCA)



Editoria: ,

GCM e PM acabam com aglomeração de mais de 200 pessoas em rua da zona Leste

A pandemia da Covid-19 ainda não acabou. Por isso, a Guarda Civil Municipal (GCM) foi chamada para intervir em um evento com aglomeração de pessoas que estava ocorrendo, desta vez, à Rua Arthur Juliani, no Jardim do Lago, zona Leste da cidade, na noite de domingo, inclusive com “rolezinhos” de motocicleta e som automotivo com volume altíssimo. 

Segundo os GCMs Carlos Alberto e Correia, por volta das 19h, muitas pessoas ligaram para o plantão da Guarda para reclamar do barulho que estava vindo de um beer (local onde se vende bebidas), situado naquele endereço. Com o apoio da Polícia Militar (PM), uma operação conjunta foi montada e várias viaturas se deslocaram até o local. 

Ao chegarem ao endereço, os policiais militares e os guardas civis se depararam com mais de 200 pessoas, a maioria sem máscara nem respeitando o distanciamento social recomendado pelas autoridades de Saúde. 


Também foram flagrados motociclistas fazendo manobras no meio da rua, colocando em risco a vida dos frequentadores do beer e dos próprios condutores. Testemunhas também disseram que além do consumo de álcool e o do som alto, algumas pessoas também estavam fazendo uso de drogas. 


A dona do beer disse que ainda aguarda um alvará de funcionamento e foi advertida de que não pode promover eventos como aquele. Os GCMs e PMs constataram ainda que o comércio não respeitou as medidas sanitárias exigidas.


Agora o caso será levado até a Vigilância Sanitária, para as providências cabíveis. Já a aglomeração foi dissipada sem maiores problemas. Vale destacar que esse tipo de evento ainda não foi liberado por causa da pandemia da Covid-19. Quem insistir, poderá ser multado e ter o alvará cassado. 


GCM foi acionada para dispersar aglomeração em rua da zona Leste (Foto: Divulgação)


Jovem morre ao colidir moto contra poste, no Tucura

Uma tragédia chocou a zona Norte de Mogi Mirim na tarde desta segunda-feira, 23. Um jovem de apenas 23 anos, Willian Frutuoso de Moraes, morreu após colidir a motocicleta que conduzia contra um poste de iluminação na Rua 15 de Agosto, no Tucura. 

Segundo testemunhas, o jovem pilotava uma Honda Hornet 600, sentido à Avenida Pedro Botesi, vindo pelo trevo em frente à empresa Tenneco, quando teria ocorrido o choque contra um Honda Fit. Em seguida, o jovem perdeu o controle da moto e colidiu, violentamente, contra o poste.

Com o choque, Willian sofreu múltiplas fraturas e acabou morrendo no local, antes que pudesse ser socorrido. Ainda de acordo com testemunhas, ele bateu na lateral do carro quando tentava uma ultrapassagem. O Honda também teve a lateral esquerda bastante danificada. 


O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) chegou a ser acionado, mas nada pode fazer. Por causa do acidente, a Rua 15 de Agosto foi interditada pela Polícia Militar para preservar o local até a chegada de peritos do Instituto de Criminalística (IC). Uma perícia foi realizada para tentar esclarecer as circunstâncias em que ocorreu esse acidente.



Editoria: ,
Scroll to top