Consórcio ‘8 de Abril’ está com inscrições abertas para processo seletivo

O Consórcio Intermunicipal de Saúde "8 de Abril", abriu as inscrições do processo seletivo que irá preencher 71 vagas, com salários que podem chegar a R$ 12 mil. A carga horária de trabalho varia de 20 a 40 horas semanais e dentre os requisitos mínimos exigidos, é preciso ter ensino fundamental, médio ou superior, de acordo com a função escolhida pelo candidato.

As inscrições podem ser realizadas a partir das 8h de segunda-feira, 17, até às 23h59 do dia 7 de julho, no site web.sigmarh.com.br. O valor da taxa de inscrição a ser pago pelo candidato varia de R$ 20 a R$ 70. A prova objetiva está marcada para o dia 28 de julho. A expectativa é de que a homologação final do processo, já com os aprovados, ocorra até o início de setembro.

O processo seletivo terá validade de dois anos, podendo ser prorrogável por igual período, a contar da data de publicação do Edital de Homologação. As vagas são destinadas para as unidades ligadas ao Consórcio nas cidades conveniadas do órgão, como Mogi Guaçu, Mogi Mirim, Estiva Gerbi, Conchal e Itapira.

Dentre os cargos ofertados, há vagas para serviços administrativos e operacionais, como operador de rádio, motorista, almoxarife e telefonista, bem como para a área médica, como técnicos de enfermagem, auxiliares de saúde bucal e profissionais de várias especialidades, como dentistas, médicos, nutricionistas, psicólogos e fisioterapeutas, dentre outros.


Duas escolas municipais serão reformadas

O prefeito Carlos Nelson Bueno (PSDB) e a secretária de Educação, Flávia Rossi, participaram, na tarde de quinta-feira, 13, da assinatura da ordem de serviço para obras de reforma nas Escolas Municipais de Educação Básica (Emebs) “Nelson Neves de Souza”, na Vila Dias, zona Leste da cidade, e “Dona Sinhazinha”, localizada à Rua Cientista Albert Sabin, no bairro Nova Mogi, região central. O contrato, firmado junto à empresa DJR de Oliveira Eireli, com sede em Mogi Mirim, prevê reparos estruturais, fornecimento de materiais, mão de obra, equipamentos e acessórios em geral, no prazo de quatro a seis meses.

O investimento para a reforma, com início programado para esta semana, e orçamento da própria Administração Municipal é de R$ 218.314,24 para a Dona Sinhazinha e R$ 164.424,39 para a Nelson Neves. O investimento total será de R$ 382.738,63.

Na “Nelson Neves”, que atende 393 alunos do infantil 4 até o 5º ano do ensino fundamental, a obra prevê a troca de telhado, reparos nas trincas existentes nas paredes, pintura nas salas que foram danificadas com infiltrações da água de chuva e a construção de abrigo de gás.

Já na Sinhazinha, onde estudam 270 alunos do 1º ao 5º ano do ensino fundamental, o serviço terá dimensão ainda maior, com o reforço de trechos dos muros que estão danificados, troca de forro em três salas de aula e cozinha, substituição do piso da cozinha e despensa, troca do telhado, impermeabilização nos banheiros, troca das pastilhas dos bebedouros, regularização do piso de acesso para a quadra poliesportiva e pintura geral.

Durante as duas assinaturas, realizadas de forma sequencial no início da tarde, Carlos Nelson e Flávia Rossi conversaram com os estudantes, informaram o que será feito em termos de reforma e ainda percorreram salas de aulas, pátio e a estrutura das duas unidades. O chefe de Gabinete, Guto Urbini, o secretário de Obras, Vitor Coppi, de Planejamento Urbano, Eduardo Schimdt e representantes da empresa responsável pelas obras também marcaram presença.

O prefeito não deixou de ressaltar a importância do trabalho e disse estar confiante em um bom resultado. “Nós esperamos deixar as escolas merecedoras da presença de vocês. Agradeço a receptividade e espero voltar no final do ano para comemorar o resultado desse trabalho”, festejou.

“A Secretaria da Educação tem orgulho de fazer um trabalho em conjunto, essas melhorias mostram o esforço de uma ação em equipe, entre comunidade e equipes das escolas, visando o melhor desenvolvimento das crianças. A estrutura física vem somar com a qualidade do plano pedagógico, já realizado internamente nas escolas”, reforçou Flávia Rossi.

Carlos Nelson e Flávia Rossi conversaram com os estudantes sobre as reformas

Editoria: ,

Festimm terá 9 dias de atrações; veja programação


A 8ª edição do Festival de Inverno de Mogi Mirim (Festimm) é marcada pela comemoração dos 250 anos de Mogi Mirim e contará com nove dias consecutivos de atrações. A programação está dividida em dois palcos, passando por diversos estilos e vertentes musicais, além de estrutura que dispõe de praça de alimentação em todos os dias.

A abertura do festival será no dia 28 de junho, apresentando uma mistura de Clássicos e Jazz, com participação do Coral Municipal, da Orquestra Sinfônica da Lyra e do Trio Carlos Lima. Já para os amantes do bom e velho Rock and Roll, a segunda noite do Festimm, em 29 de junho, é inteiramente dedicada a fazer as pedras rolarem, com shows de cinco bandas.

A Vitrine Cultural é o destaque do dia 30 de junho, com um mix de atrações, como o encontro de pianistas, a apresentação de coral e teatro infantil, e um encontro de corais da região. O quarto dia de evento, 1º de julho, oferece uma excelente oportunidade de conhecimento e informação, através da palestra cultural sobre as leis de incentivo (como ProAC e Lei Rouanet), ministrada por Antonie Kolokathis.

O dia 2 de julho é um dia dedicado ao violão, com um festival que mescla apresentações da Orquestra de Violões, além de um master class sobre técnicas avançadas de violão com Laércio Ilhabela. No dia 3 de julho, uma quarta-feira, é a noite em que a viola vai chorar, com a Orquestra Mogimiriana de Viola Caipira, apresentação do Coral da Melhor Idade, além de uma roda de violeiros e a apresentação de dança do grupo Comanches Country Show.

Em 4 de julho, a noite promete. Indo de Pixinguinha a Piazzolla, o Festimm traz ao público o tango, a roda de samba e o chorinho, despertando sentimentos e sensações surpreendentes, através da música e da dança apresentadas pela Camerata de Cordas da Lyra Mojimiriana, o Estúdio de Dança André Sastre e o Grupo Samba da Estação.

Dia 5 julho, uma sexta-feira, a atração será a banda Monallizza, em um tributo a Tim Maia, além do musical da Lyra Mojimiriana: Tom Jobim, Meu Maestro Soberano. No dia 6, úlitmo dia do evento, o Festimm confirma que “Gente é pra Brilhar”, com um festival de bandas, um festival de dança, e a segunda apresentação do musical Tom Jobim, Meu Maestro Soberano. O encerramento fica por conta da alegria e irreverência do forró, com Enock Virgulino e banda.

Segundo o maestro e diretor artístico da Lyra Mojimiriana, Carlos Lima, a expectativa é de atrair dez mil pessoas de Mogi Mirim e região. Para isso, houve um esforço para se incluir atrações que pela primeira vez integram a programação do Festimm, como o festival de bandas envolvendo alunos de escolas locais. “A ideia é trazer um público que talvez ainda não tenha ido ao festival”, explicou.

Outra novidade, essa com ligação direta com a celebração dos 250 anos de Mogi Mirim, será a participação do artista plástico Tóride Celegatti no musical Tom Jobim, Meu Maestro Soberano. Nas duas apresentações, nos dias 5 e 6 de julho, Tóride estará no palco, pintando uma tela a partir das apresentações dos músicos da Lyra Mojimiriana. “E essas duas telas certamente serão um presente para a cidade”, enfatizou Carlos Lima.

EXPOSIÇÃO
Durante todo o Festimm, o público também poderá conferir uma exposição internacional de gravuras no salão nobre do Centro Cultural, sob curadoria de Valter Polettini e com apoio do Centro de Documentação Histórica (Cedoch) de Mogi Mirim. As obras são de artistas de Portugal, Espanha, Itália, Rússia, Reino Unido, México, Colômbia, Argentina, Peru, Uruguai, Estados Unidos e Brasil.

INGRESSOS
As apresentações no teatro do Centro Cultural terão ingressos a preços populares (R$ 20 inteira / R$ 10 meia ou antecipados). As entradas podem ser adquiridas pelo site festimm.com.br ou na secretaria da Lyra Mojimiriana, na Avenida Luiz Gonzaga Amoedo Campos, 51, Vila Bianchi, ao lado do Teatro de Arena. Outras informações podem ser obtidas pelo telefone (19) 3862-0967.

Clique na imagem para ampliar

Mogi Mirim tem primeiro caso de H1N1

A Secretaria de Saúde confirmou nesta semana em uma gestante o primeiro caso de H1N1 em 2019. Trata-se de uma mulher de 26 anos, moradora do Jardim Conquista, zona Leste da cidade, que no dia 29 de abril deu entrada no Hospital 22 de Outubro, com síndrome respiratória aguda.

Após envio de exame laboratorial para o Instituto Adolfo Lutz, em São Paulo, o caso foi atestado positivo. Ela permaneceu internada, recebeu a medicação adequada e já teve alta. De acordo com a Vigilância em Saúde, o quadro clínico da gestante é bom e ela está curada da doença.

Até o momento o município registra outras 17 notificações da H1N1, nove casos negativos e sete aguardando resultado de exame. A Vigilância em Saúde alerta que as gestantes, parte do grupo prioritário na Campanha Nacional de Vacinação, tem maior risco de óbito em caso de contágio do vírus.

Por isso, a importância de hábitos adequados de saúde, como evitar levar as mãos à boca ao espirrar e tossir, utilizar lenços descartáveis, lavar bem as mãos, deixar o ambiente ventilado e evitar contato com pessoa doente, descartando abraços, beijos e apertos de mão. As dicas são estendidas para o restante da população.

VACINAS
Embora os governos federal e estadual tenham anunciado a extensão da vacina contra a H1N1 para toda a população, a Secretaria de Saúde informa que em Mogi Mirim as doses já estão esgotadas em todas as Unidades Básicas de Saúde (UBSs).

Ciente da necessidade de aumentar a cobertura, a Vigilância em Saúde busca, via GVE (Grupo de Vigilância Epidemiológica), ligado à DRS (Diretoria Regional de Saúde) de São João da Boa Vista, fornecedora das doses após liberação da Secretaria de Saúde do Estado de São Paulo, mais um lote de vacina contra a gripe.

Caso o município receba novas doses, elas serão destinadas tanto às gestantes como para as crianças, parte do grupo prioritário. As duas categorias em Mogi estão abaixo da meta de vacinação da Campanha Nacional de Vacinação. Até esta sexta-feira, a cobertura vacinal para gestantes é de 63%, enquanto para as crianças a marca chega a 59%. A meta do Ministério da Saúde é vacinar 90% de cada um desses públicos-alvo. Na cidade, a cobertura entre todos os grupos está em 88%.


Menor é acusado de assaltar a própria tia

Os policiais da Força Tática, André Luís e Timóteo, detiveram na noite de quarta-feira, 12, um menor de 15 anos, morador do bairro Santa Luzia, recém-saído da Fundação Casa. O adolescente é acusado de ter participado do assalto à sua própria tia, que está grávida de nove meses.

O crime aconteceu no Jardim Flamboyant. A vítima, de 30 anos, chegava em sua residência e parou seu veículo, um Ford Fiesta, no portão da garagem de casa, descendo do veículo com o sobrinho de dois meses no colo. Quando ela abriu o portão, dois rapazes que ocupavam uma moto se aproximaram e anunciaram o assalto, exigindo a chave do carro.

Quando a mulher informou que a chave estava no veículo, o garupa desceu rapidamente e entrou no veículo, fugindo em seguida. A Polícia Militar foi alertada sobre um veículo Ford Fiesta que estaria circulando com um pneu estourado e, logo em seguida, foi comunicada sobre o roubo do veículo.

Os PMs André Luís e Timóteo, que faziam patrulhamento pela Zona Norte, passaram a procurar pelo o veículo, deparando com ele no bairro Santa Luzia. Foi dada a ordem de parada, mas, o condutor saiu em fuga, entrando na avenida Pedro Botesi em alta velocidade, sentido a rodovia SP-340.

Quando o suspeito tentou convergir na rua Noé de Freitas – ultima rua, antes da rodovia - o motorista se perdeu e acabou colidindo contra um poste de sinalização. Identificado como sendo o menor, o rapaz ainda tentou fugir a pé, mas foi detido.

Ao ser avisada da localização do seu veículo, a mulher esteve no local da abordagem e, para sua surpresa, deparou com seu sobrinho, que havia cometido o crime. O menor foi levado ao plantão policial, onde foi autuado em flagrante e segue apreendido.


Editoria:

Resíduos recicláveis podem ser descartados no antigo DSM

Mogi Mirim agora conta com uma ampla estrutura destinada a reciclagem de materiais. No último dia 5, a Prefeitura inaugurou oficialmente a Unidade de Resíduos Recicláveis (URR) em uma área de 10 mil m² – no antigo DSM.

Na oportunidade, o prefeito Carlos Nelson Bueno e o secretário de Meio Ambiente, Ivair Biazotto assinaram convênio com o diretor administrativo Glauco Chagas de Lima, da Cooperativa de Trabalho Vida Nova de Mogi Mirim (Coopervida), órgão que ficará responsável pela gestão da unidade, incluindo desde o recolhimento de resíduos até a destinação final. Nesta parceria, o Governo Municipal fez a cessão da área e infraestrutura predial, além da aquisição de maquinários e equipamentos, assim como fará a instalação dos produtos.

Na ocasião, o prefeito destacou como importante e positivo a implementação da URR. “É um ganho para Mogi Mirim a disponibilização de uma área específica para a coleta de resíduos. A população passa a ter um local específico para destinação legal dos produtos, o que permite a conscientização quanto a preservação ambiental e avanços no processo de reciclagem”, explicou.

Agora, a população pode destinar os resíduos na rua Ariovaldo Silveira Franco, de segunda a sábado, das 7h às 17h. No local, as equipes recolhem todas as espécies de papéis, vidros, metais, plásticos, além de óleo de cozinha e embalagens tetrapak, comumente utilizados para a conservação de leite, sucos e achocolatados. A URR também é a área apropriada para a população realizar a destinação correta dos chamados “bagulhos”, dentre os quais, sofás, armários e televisão.

“O objetivo é primeiramente a preservação ambiental através da coleta seletiva de resíduos, seguindo pelas fases de enfardar os produtos e comercializá-los. Esta é a sequência correta e apropriada, daí a importância da separação correta dos resíduos já a partir da residência e fazer a entrega deles em local apropriado”, explicou o secretário de Meio Ambiente, Ivair Biazotto.

O cuidado com o meio ambiente também estabelece metas. Após seis meses de funcionamento, a URR deverá processar 100 toneladas de resíduos. Atualmente, a cooperação entre Prefeitura e Coopervida resulta no processamento de até 40 toneladas ao mês.

Após seis meses de funcionamento, a URR deverá processar 100 toneladas de resíduos
Editoria: ,

Concessionárias promovem ‘Mega Ação’ de seminovos

As concessionárias de veículos Hyundai Hymax, Nissan Kento, Ford Divem e Honda Kodyve, pertencentes ao Grupo Hazul, promovem neste sábado, 15, das 8h às 18h, a Mega Ação “Agora Vai” para a venda de veículos seminovos.

São mais de 120 veículos seminovos das quatro concessionárias que estarão à venda no pátio da Divem. São modelos multimarcas, revisados, com procedência e garantia. O evento reunirá 80 colaboradores das quatro lojas para um atendimento especial.

Serão praticadas as menores taxas dos seminovos, com um ano de garantia, test drive e condições extremamente flexíveis. O interessado será recebido com café da manhã. Haverá ainda distribuição de pipoca e algodão doce.

Para as crianças, haverá espaço kids e os visitantes poderão degustar delícias de food trucks especialmente montados dentro da Divem de Mogi Mirim. A ação é inédita por envolver quatro grandes marcas para um super feirão de seminovos. Esta é a grande chance de conferir veículos de procedências e com ótimas condições de compra.

Mais de 120 veículos seminovos estarão no pátio da Divem

Editoria:
Scroll to top