Terceirização da iluminação pública é adiada

Foi suspensa a concorrência pública para contratar serviços técnicos de operação, manutenção preventiva e corretiva, ampliação e melhorias do Parque de Iluminação Pública da cidade. A decisão é da Secretaria de Obras, Habitação e Serviços devido a questionamentos apresentados por algumas empresas.

A pasta julgou os questionamentos pertinentes e decidiu pela suspensão para adequação do edital. A entrega das propostas seria na quinta-feira, 30, sendo a abertura dos envelopes às 9h30. O valor do contrato seria de R$ 5,7 milhões, válido por 12 meses.

Concorrência pública deve contratar serviços técnicos de operação e manutenção (Foto: Arquivo/A COMARCA)

Do total do valor do contrato, de acordo com o edital, seriam destinados quase R$ 3,9 milhões para ampliação, modernização e eficientização da rede, enquanto R$ 1,6 milhão será reservado para o funcionamento do Parque de Iluminação. Atualmente, a cidade conta com 13,5 mil pontos de iluminação.

A Prefeitura ainda especificava em edital que a empresa vencedora deveria montar três equipes especializadas em Iluminação Pública, disponível 24 horas, composta de motoristas e eletricistas especializados em rede energizada.

Por Flávio Magalhães

Nenhum comentário:

Leave a Reply

Scroll to top