Diretor pede para sair da Etec

O professor Felipe Duran Gonçales não é mais diretor da escola técnica estadual (Etec) “Pedro Ferreira Alves”. Segundo informações obtidas por A COMARCA junto ao Centro Paula Souza, a autarquia que gerencia as escolas técnicas paulistas, partiu de Gonçales a solicitação para deixar o cargo.

No comando da Etec desde julho de 2012, Gonçales assumirá a coordenação da classe descentralizada administrada pela própria Etec de Mogi Mirim no município de Holambra. A classe descentralizada inicia suas atividades neste segundo semestre de 2015 com os cursos técnicos de Comércio e Logística.

Gonçales foi para a coordenação das salas desmembradas da Etec em Holambra (Foto: Flávio Magalhães/A COMARCA)

A Etec “Pedro Ferreira Alves” passa a ser dirigida pelo professor André Luiz dos Santos até julho de 2016, quando deveria terminar o mandato de Gonçales. Então, será nomeado um novo diretor eleito para a próxima gestão de quatro anos.

Sucedendo a professora Hirlei Magalhães no cargo, o ex-diretor Felipe Gonçales viu o desempenho da Etec no Exame Nacional do Ensino Médio cair nos últimos anos. De 2012 para 2013, a média da escola caiu mais de 30 pontos na avaliação promovida pelo Ministério da Educação (MEC).

Segundo informações do Centro Paula Souza divulgadas no início do ano, a escola técnica de Mogi Mirim está fora do ranking das 60 melhores escolas estaduais do Brasil no Enem 2013. Na edição de 2012, a Etec ocupava a 24ª colocação.

Também foi durante a gestão de Gonçales que a Etec cresceu em número de alunos e ampliou o ensino profissionalizante. Atualmente, a escola tem turmas de ensino médio integradas aos cursos de Administração, Informática para a Internet, Mecatrônica e Meio Ambiente.

Por Flávio Magalhães

Nenhum comentário:

Leave a Reply

Scroll to top