Escolas públicas melhoram nota no Enem

As escolas públicas de Mogi Mirim registraram melhora no desempenho do Exame Nacional de Ensino Médio (Enem). As notas das instituições de ensino em 2014 foram divulgadas na manhã da última quarta-feira, 05, pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais (Inep). O caso de maior destaque na cidade foi o da escola estadual “Oscar Rodrigues Alves”.

Em um ano, a escola localizada na região central aumentou sua nota em 18 pontos, passando de 482,54 no Enem 2013 para 500,89 na edição de 2014. O melhor desempenho dos alunos da escola foi nas provas de Ciências Humanas, registrando uma média de 548.40 pontos. A pior média foi em Ciências da Natureza (Exatas), com 478.22 pontos.

Já a escola estadual “Coronel Venâncio” também registrou uma leve melhora pelo segundo ano consecutivo. A média dos alunos em 2012 ficou em 481,78 pontos, subindo para 493,07 em 2013. Já no Enem 2014, a escola registrou 496,19 pontos, tendo melhor desempenho também em Ciências Humanas (546.48 pontos).

Escolas públicas de Mogi Mirim melhoraram desempenho em relação ao ano anterior (Foto: Arquivo/A COMARCA)

Após três anos de quedas, a escola técnica (Etec) “Pedro Ferreira Alves” viu sua média subir cerca de 10%, passando de 570,39 para 576,46. A nota registrada no Enem 2013, aliás, representou a queda de desempenho mais acentuada da cidade. Foram 30 pontos a menos de um ano para o outro e quase 60 pontos perdidos em comparação a 2010.

O desempenho da Etec em queda livre nos últimos anos é sinal da crise atravessada pela escola. Em 2012, a Etec de Mogi Mirim tinha a 24ª melhor nota dentre as escolas estaduais do estado. Agora, a escola amarga a 98ª posição. Considerando apenas as escolas técnicas, a “Pedro Ferreira Alves” está 20 posições abaixo da Etec “Euro Albino de Souza”, de Mogi Guaçu.

Desde 2012 no comando da Etec, o professor Felipe Duran Gonçales pediu para sair do cargo de diretor para assumir a coordenação de uma sala descentralizada da própria Etec em Holambra. O novo diretor, André Luiz dos Santos, assumiu a escola com uma dívida de R$ 94 mil, contraída recentemente, conforme A COMARCA noticiou em primeira-mão na edição passada.

PARTICULARES
Duas escolas particulares de Mogi Mirim também melhoraram suas notas no Exame Nacional do Ensino Médio. O Colégio COC registrou 640,02 pontos, 11 a mais em comparação ao Enem 2013. O Colégio Edelweiss registrou um crescimento ainda mais expressivo, de 35 pontos, passando de 598,46 para 633,98 pontos.

O método de cálculo das médias utilizado pela reportagem de A COMARCA é o mesmo do sistema ProUni, isto é, a soma das médias de todas as provas e da redação dividido por cinco. Inep e o Ministério da Educação (MEC) divulgam apenas as notas das escolas por prova. O cálculo da média geral e o ranking ficam a critério da imprensa e demais órgãos não vinculados ao governo federal.

Por Flávio Magalhães

Nenhum comentário:

Leave a Reply

Scroll to top