Jovem de classe media é preso em prédio no Centro acusado de roubo

A Delegacia de Investigações Gerais (DIG) prendeu na manhã de quinta-feira, 27, Felipe Fonseca Voltan, conhecido como Alemão, 19 anos, após o mesmo ter sido reconhecido em um assalto contra um estabelecimento comercial, em Mogi Guaçu.

(Foto: Reprodução)
Segundo as informações da delegada Edna Elvira Salgado Martins, responsável pela DIG, o crime foi cometido em julho deste ano, em um estabelecimento comercial no bairro Itacolomy. A vítima, uma mulher, descreveu o autor como sendo loiro de olhos azuis.

Segundo ela contou, estava no estabelecimento, quando o elemento entrou, ergueu a camiseta mostrando a arma e anunciando o assalto. Além da descrição, durante as investigações, os policiais civis conseguiram imagens que mostravam o momento que o autor do roubo teria entrado no estabelecimento e sua saída.

Ao conseguirem levantar a identidade do jovem foi solicitado um mandado de prisão, sendo concedida a prisão temporária de 5 dias. Na manhã da quinta-feira, de posse do mandado, policiais da DIG seguiram até o apartamento onde o rapaz mora com seus familiares, na Praça Floriano Peixoto – Jardim Velho.

Quando chegaram ao edifício, os policiais subiram e depararam com o pai e irmão de Felipe, os quais foram informados do que estava ocorrendo. O pai relatou que o jovem havia dormido na casa de um amigo, mas já iria chegar.

Enquanto aguardavam, os policiais realizaram buscas, sendo localizados no quarto do rapaz, um revolver calibre 22 e 41 cartuchos do mesmo calibre e também três cartuchos calibre 38.

Felipe foi surpreendido pela Polícia ao chegar no apartamento da família, na região central de Mogi Mirim

Quando chegou, Felipe foi surpreendido pelos policiais que efetuaram a prisão. Ele foi levado à DIG, onde informalmente já havia confessado o crime. Devido à localização da arma, ele, além do mandando de prisão, foi autuado por porte de arma.

Segundo a delegada, não está descartada a autoria e participação de Felipe em outros crimes, inclusive a Polícia ressalta, que se alguma vítima o reconhecer por fotos, pode fazer contato pelo telefone: 3861-4927.

Por Maria Clara da Cunha Canto

Nenhum comentário:

Leave a Reply

Scroll to top