Pedreiro ofende GCMs e é detido por cão

O pedreiro Mauro da Silva Moura, de 25 anos, foi detido pela Guarda Civil Municipal (GCM) na manhã de domingo, 16, após ofender dois soldados da corporação. O jovem resistiu à prisão, segundo relato dos guardas municipais, e só foi detido pelo cão do canil da GCM.

Segundo Boletim de Ocorrência registrado na Polícia Civil, os guardas municipais estavam em patrulhamento pela Avenida da Saudade, quando Moura os chamou de “filhos da puta” e saiu correndo.

Após ser detido, o pedreiro, que é morador do Jardim Flamboyant, foi levado à delegacia e pode responder por desacato e resistência à prisão.


Por Flávio Magalhães


Nenhum comentário:

Leave a Reply

Scroll to top