Acimm pretende capacitar lojistas e revitalizar fachadas da Rua XV

Não é apenas com a revitalização do espaço da Rua XV de Novembro, no Centro, que a Associação Comercial e Industrial de Mogi Mirim (Acimm) está preocupada. Além de realizar as melhorias no espaço para que os lojistas possam atender melhor seus clientes, a Acimm pretende, em parceria com o Sebrae, capacitar os lojistas e funcionários dos comércios existentes no local.

“Não adianta apenas ter um calçadão agradável para abrigar os clientes. É preciso ter profissionais nas lojas capacitados e com ambientes chamativos para prender a atenção da população”, comenta Sidney Coser, presidente da Acimm.

Além da capacitação, a Acimm, em parceria com os bancos do Brasil e Sicredi, irá abrir uma linha de crédito para os lojistas e comerciantes da Rua XV para que os interessados possam revitalizar as fachadas das lojas.

“Não estamos medindo esforços para melhorar as condições para os lojistas da Rua XV. Tudo que estiver ao nosso alcance, vamos fazer com muito empenho e dedicação. Esta linha de crédito pode ajudar muita gente”, enfatiza Coser.

Paralelamente à revitalização da via, Acimm pretende implementar medidas de incentivo ao comércio (Arquivo/A COMARCA)

Profissionais do Sebrae irão tirar fotos das fachadas dos comércios da Rua XV e fornecer os lojistas uma demonstração em 3D com a revitalização do local e proposta de nova pintura. “São ferramentas que vamos usar para animar os comerciantes. Para fazer um bom omelete, é preciso quebrar os ovos”, brinca o presidente da Acimm.

A ação inédita da Acimm em Mogi Mirim pretende oferecer seis cursos aos comerciantes, mas primeiramente aos lojistas da Rua XV. A ideia é formar turmas com no máximo de 20 e, no mínimo, de 15 comerciantes.

O primeiro curso deverá durar três meses e irá abordar os temas: Vitrinismo, exposições de produtos e produção nas lojas que causam ambiente atrativo aos clientes. “É importante revitalizar tudo. Qualificar e trabalhar com excelência. Só assim teremos os resultados que pretendemos atingir”, finaliza o presidente da Acimm, Sidney Coser.

Por Marcelo Gotti

Nenhum comentário:

Leave a Reply

Scroll to top