Alugueis de prédios custam R$ 820 mil por ano

A Prefeitura gasta atualmente cerca de R$ 820 mil por ano para manter o aluguel de 16 prédios para a Administração Municipal. O levantamento considera os valores de locação somados com o IPTU de cada imóvel e foi realizado pela Associação de Diplomados da FEA/USP (Adifea), consultoria contratada pelo Governo.

Leia mais: Ministério Público recomenda que Stupp economize com aluguéis

Esse estudo, datado de dezembro do ano passado, ainda desaconselha o município a contratar mais uma locação, apontando que o mais vantajoso seria a construção de um prédio próprio para o Poder Executivo. O prefeito Gustavo Stupp (PDT), contudo, preferiu ignorar a análise da Adifea.

Caso o imóvel da Rua Paissandu seja realmente contratado pelo prefeito ao custo de R$ 22,8 mil mensais, esse será o mais caro aluguel pago pela Administração Municipal, somando mais de R$ 270 mil ao ano. Nesse caso, o valor do metro quadrado fica em R$ 27,26 por mês.

Caso a locação se concretize, será o mais caro aluguel pago pela Administração Municipal (Foto: Arquivo/A COMARCA)

Para efeito de comparação, o prédio da Secretaria de Agricultura, localizado próximo a Rua Padre Roque, possui 1,5 mil metros de área construída, custando R$ 10 mil por mês. São R$ 6,66 por metro quadrado.
Considerando apenas as construções na área central, a sede da Secretaria de Saúde, que fica próxima a Igreja de São Benedito e cerca de 300 metros do imóvel que a Prefeitura pretende alugar por R$ 22,8 mil, custa aos cofres públicos R$ 5 mil por mês.

Na ponta do lápis, a Prefeitura paga R$ 3,40 por cada metro quadrado desse imóvel, situado na esquina da Rua Paissandu com a Rua Edgar Netto de Araújo. São quase 18 mil a menos por mês em relação ao prédio que a Prefeitura quer alugar agora, que por sinal, tem 600 metros a menos de área construída em comparação ao local de trabalho de Gerson Rossi Júnior.

Outro exemplo é a casa do Conselho Municipal de Saúde (CMS), na Rua Dr. José Alves, no coração de Mogi Mirim. A Administração Municipal gasta R$ 22,4 mil por ano. Ou seja, apenas um mês de locação do prédio da Rua Paissandu paga um ano de contrato da sede do CMS.

Além dessas informações, o relatório da Adifea calculou que o Governo desembolsa mais de R$ 53 mil ao ano com locomoção entre as secretarias municipais, espalhadas pela cidade.

Por Flávio Magalhães

Nenhum comentário:

Leave a Reply

Scroll to top