Obras no Parque das Laranjeiras param de novo

Iniciadas há um mês, a nova etapa dos serviços estruturais no Parque das Laranjeiras ficou parada por aproximadamente três semanas. O motivo, de acordo com a Prefeitura, foi o processo de licitação para aquisição das massas asfálticas e a manutenção de uma das máquinas utilizadas no bairro.

A paralisação das obras no Laranjeiras coincidiram com o início da revitalização da Rua XV de Novembro. Como as duas obras são bancadas pela Prefeitura, que não anda bem de saúde financeira, logo foi levantada a hipótese de que os trabalhadores que estava na zona Leste foram deslocados para realizar o serviço no Centro da cidade.

O Governo Municipal, no entanto, negou essa possibilidade. O fato é que as obras de base para pavimentação pararam mais uma vez. O vereador Robertinho Tavares alertou sobre o fato na sessão de Câmara do último dia 24. Somente no final desta semana, os serviços começaram a ser retomados.

 A Secretaria de Obras, Habitação e Serviços iniciou a execução da sub-base de brita e da base de bica corrida nas ruas 18 e 19 do loteamento. Receberão os serviços as ruas 15 a 20, além da Rua 23. Com o apoio de máquinas, a equipe atua no nivelamento de material granulado nas vias para formar a camada de base que drena infiltrações e assegura a estabilidade.

Obras de pavimentação ficaram paradas por aproximadamente três semanas (Foto: Flávio Magalhães/A COMARCA)

Esses serviços por si só já minimizam a poeira e o barro que causam transtornos aos moradores há mais de 30 anos.  As obras no Parque das Laranjeiras foram iniciadas no ano passado e estão sendo realizadas, gradativamente, com recursos, mão de obra e maquinários próprios, uma vez que o município aguarda liberação pelo Ministério das Cidades de recurso no valor de R$ 3 milhões alcançado junto ao governo federal.

As ruas 15 a 20, e a Rua 23, já receberam a implantação de galerias de águas pluviais, redes de esgoto, postos de vistoria e bocas de lobo, além da construção de guias e sarjetas.

INTERRUPÇÕES
Ruas completamente esburacadas e quase intransitáveis. Encanamento de água frágil e que se rompe facilmente. Esgoto a céu aberto em quase todo o bairro. Alagamento das principais vias sempre que chove mais forte. O descaso e o desrespeito com os moradores do Parque das Laranjeiras não é de hoje, está se arrastando há quase 30 anos.

Em outubro de 2013 A COMARCA fez uma reportagem especial sobre o bairro, relatando seus principais problemas e o descontentamento de alguns moradores. Quase dois anos depois, outras reportagens foram feitas, mas a situação continua caótica no bairro da zona Leste.

Uma luz no fim do túnel foi vista em junho do ano passado, quando as obras de infraestrutura foram anunciadas no local. A paisagem mudou com tratores e homens trabalhando na instalação de galerias pluviais. Em menos de dois meses, porém, veio a notícia que ninguém gostaria de ler: as obras estavam paradas.

Apesar da enérgica negação da Prefeitura, os moradores relataram e A COMARCA constatou o fato. Mais uma vez, o Parque das Laranjeiras foi abandonado. O Parque das Laranjeiras está acostumado com obras que começam e não terminam.

Por Flávio Magalhães

Nenhum comentário:

Leave a Reply

Scroll to top