Cartão Cidadão deve integrar serviços

Facilitar o relacionamento entre munícipe e Prefeitura através de um cadastro único e universal na Administração Municipal. Essa é a proposta do Cartão Cidadão, a nova ferramenta criada pelo governo do prefeito Gustavo Stupp (PDT).

“O Cartão Cidadão é um código único do município dentro de todas as secretarias”, resumiu a secretária municipal de Tecnologia da Informação, Rúbia Mara Rossi, para A COMARCA. O grande diferencial da nova ferramenta é o compartilhamento de informações em tempo real dentro do Poder Público Municipal.

“Porque hoje não tem como ter um controle dentro da Prefeitura”, justificou o prefeito, afirmando à reportagem de A COMARCA que esse legado ficará para as futuras gestões. A partir da implantação total do novo serviço, cada setor vai saber o que acontece com determinado cidadão em outros setores.

Futuramente, por exemplo, a Secretaria de Educação poderá saber se o estudante está frequentando os serviços de Assistência Social regularmente. Ou então, um médico de uma Unidade Básica de Saúde (UBSs) poderá consultar todo o prontuário de seu paciente.

Mais que isso, quando a ferramenta estiver em fases avançadas, o cidadão poderá solicitar diretamente à Prefeitura serviços como podas de árvores ou troca de lâmpadas sem a necessidade de abrir um protocolo. “O papel vai acabar dentro da Prefeitura”, profetizou Stupp.

Por enquanto, o Cartão Cidadão está em fase de cadastramento. A expectativa é de que até fevereiro do ano que vem cada mogimiriano tenha o seu. O processo de integração também começou, e as secretarias de Saúde e Assistência Social são as primeiras a serem incluídas. A terceira e última fase será a implantação dos serviços prometidos.

Cadastro já pode ser realizado no Centro Cultural de Mogi Mirim (Foto: Flávio Magalhães/A COMARCA)

CADASTRO
Uma equipe de seis profissionais está atendendo a população no Centro Cultural “Lauro Monteiro de Carvalho e Silva”, à Avenida Santo Antônio, 430 – Centro, das 8h às 16h. O Cartão Cidadão é um documento que possui os dados pessoais e fotografia. Além da foto do munícipe, as digitais também são coletadas, o que irá trazer mais segurança na hora de utilizar os serviços públicos.

O cartão é de graça e fica pronto na hora. Até agora, aproximadamente 2,5 mil pessoas já fizeram o cadastro e já possuem o documento, que é necessário para a retirada do cartão do SUS (Sistema Único de Saúde). Para efetuar o cadastro, basta comparecer no horário de atendimento portando RG, CPF e um comprovante de residência atualizado. Cerca de 200 pessoas estão sendo atendidas por dia.

Por Flávio Magalhães

Nenhum comentário:

Leave a Reply

Scroll to top