Márcio Goaiano já acumula cinco derrotas consecutivas no comando do Mogi

Desde o último dia 8 de setembro sem vencer, o Mogi Mirim acumula oito derrotas consecutivas nesta reta final do Campeonato Brasileiro da Série B. A última vitória do Sapão da Mogiana ocorreu contra o Boa Esporte, por 1 a 0, em Varginha, Minas Gerais.

De lá para cá foram oito resultados negativos. Dois ainda no comando do ex-técnico Sérgio Guedes – contra o Botafogo por 3 a 0 e Vitória por 4 a 1 -, um no comando do técnico interino Geraldo Meira - contra o Paraná por 2 a 1 – e mais cinco consecutivos no comando de Márcio Goaiano - contra CRB por 2 a 1, América por 2 a 1, Náutico por 1 a 0, Atlético-GO por 2 a 0 e Macaé por 1 a 0.

Márcio Goaiano chegou com a proposta de livrar o time mogimiriano do rebaixamento da Série C e iniciar um trabalho de preparação para o Campeonato Paulista da Série A-1, onde na temporada de 2016, serão rebaixados seis times para a Série A-2 do Paulista.

Caso não consiga somar pontos nas últimas seis rodadas que ainda resta para o encerramento da Série B, o permanência do treinador no comando do Sapo poderá ficar insustentável.

O técnico Márcio Goiano não sabe o que é vencer no Mogi há cinco rodadas (Foto: Marcelo Gotti/A COMARCA)

Mesmo sem somar ponto algum há quase dois meses, o Sapo ainda tem chances matemáticas de escapar do rebaixamento. O time terá que vencer todos os compromisso e torcer por uma combinação de resultados quase impossível.

Atualmente, o Mogi está na lanterna da Série B do Brasileiro com 22 pontos somados e a 16 pontos de distância do Oeste, que soma 38 e é o primeiro time fora do Z4. O Macaé também soma 38 e aparece na 15ª colocação.

Para escapar do rebaixamento, o Sapão da Mogiana precisa vencer os seis últimos compromissos que lhe resta e torcer para que Oeste, Macaé, Criciúma ou Paraná não somem mais nenhum ponto até o encerramento da Segunda Divisão do nacional.

Criciúma e Paraná somam 39 pontos cada e também ainda podem ser alcançados pelo Mogi, já que ainda existem 18 pontos em disputa até o encerramento da competição.

Mas o retrospecto do time mogimiriano não é favorável. Até a 32ª rodada da Série B, o Sapo venceu em apenas quatro oportunidades. Tendo um aproveitamento pífio de apenas 22% dos pontos disputados.

Neste próximo sábado, 31, no Estádio “Romildo Ferreira”, às 17h30, o Sapão da Mogiana enfrenta o Ceará, um dos concorrentes diretos da equipe contra o rebaixamento. Uma derrota para o Vovô pode selar de vez o rebaixamento do time mogimiriano para a Série C do Brasileiro.

Por Marcelo Gotti

Nenhum comentário:

Leave a Reply

Scroll to top