Escritores lançam obra “Arco-Íris”

Da reunião de 13 escritores das cidades de Mogi Mirim e Mogi Guaçu nasceu a obra “Arco-Íris”. O lançamento do livro ocorrerá no próximo dia 7 de novembro, às 13h, na sede da Associação Comercial e Industrial de Mogi Mirim (Acimm).

O embrião do projeto nasceu nas mais de 50 entrevistas realizadas no programa "Encontro Marcado" da SECTV, com a apresentação de Athayde Martins. Os escritores e poetas tinham a mesma dificuldade: visibilidade para suas obras.

A partir daí foi criado o Núcleo de Escritores numa página da internet. Mais de 500 pessoas aderiram à iniciativa e começaram a marcar reuniões nas tardes de sábado no Centro Cultural “Professor Lauro Monteiro de Carvalho e Silva”.

As reuniões chegaram a ter a presença de 30 pessoas. Alguns não voltaram mais, mas outros vestiram a camisa e assim surgiu a teoria do livro. Foram 13 pessoas sonhando o mesmo sonho que, em quatro meses, se tornou realidade.

Os leitores que tiverem o prazer de degustar da obra “Arco-Íris” poderão sentir criatividade, sensibilidade e raça em cada poesia, em cada crônica e em cada conto. A ideia dos autores do livro foi transformar, segundo eles, o Mundo cinza em um universo colorido.

De Mogi Guaçu participaram os escritores: Cícero Alvernaz, Fátima Filon, Lia Silva, Luiz Henrique da Rocha Campos, Maria Ignez Pereira e Paulo Antonino Scollo Junior, o Paul Law. Já de Mogi Mirim fizeram parte da obra: André Rodrigues, Athayde Martins, Camila Pelegrini, Joseph Martins, Dorothi Fernandes Bragato, Luiz Antonio Padovani e Paulo Tristão.

Segundo Atheyde Martins, um dos divulgadores da obra, todos os escritores tem a mesma importância. “Todos tem a mesma importância para a realização desta loucura colorida. Agora é esperar que a população goste e aceite os devaneios destes 13 malucos”, encerra o escritor.


Por Marcelo Gotti

Nenhum comentário:

Leave a Reply

Scroll to top