Justiça manda suspender aluguel de prédio da Prefeitura

Por decisão da juíza Fabiana Garcia Garibaldi, da 2ª Vara da Comarca de Mogi Mirim, está suspensa em caráter liminar a contratação do prédio da Rua Paissandu, alugado pela Prefeitura por R$ 22,8 mil. A Justiça sustentou a medida argumentando que há risco de prejuízo aos cofres públicos. Com isso, as obras de adequação no imóvel e o pagamento do aluguel devem ser paralisados, sob pena de multa diária.


Leia a cobertura completa desse caso no jornal A COMARCA deste sábado, 21.


Justiça suspendeu locação por R$ 22,8 mil/mês, argumentando risco ao erário público (Arquivo/A COMARCA)

Nenhum comentário:

Leave a Reply

Scroll to top