PDT pede a cadeira de Dayane Amaro na Câmara

O PDT vai brigar na Justiça pela cadeira de Dayane Amaro Costa. A legenda está processando a vereadora por ter mudado para o PSDB em setembro. Alegando infidelidade partidária, o partido diz que Dayane (segunda candidata mais bem votada nas eleições) apenas se elegeu em razão do PDT ter conseguido expressa votação, alavancado pelo prefeito eleito Gustavo Stupp.

Dayane se desentendeu com Marquinhos (Flávio Magalhães/A COMARCA)
Os advogados do PDT classificam a mudança partidária de Dayane como “traição à vontade do eleitor”, que teria sido demonstrada nos votos que o PDT recebeu em 2012. Além disso, o partido alega que não houve justificativa para a vereadora trocar de legenda.

Dayane contesta as acusações. “Eu defendi as ideologias de Leonel Brizola”, argumentou, afirmando que sofreu perseguição dentro do PDT de Mogi Mirim, o que justificaria sua ida ao PSDB.

A vereadora, contudo, afirmou estar magoada pelas testemunhas que assinaram o pedido de perda de mandato, o advogado Paulo Menna Barreto, apoiador de sua campanha, e seu ex-colega de bancada Marquinhos da Farmácia.

Dayane revelou que Marquinhos anteriormente era contra a posição do PDT de processá-la. Lembrou ainda que não recebeu o apoio do colega de partido quando se candidatou a deputada, em 2014. Na ocasião, o vereador apoiou Rogério Nogueira, irmão de Reinaldo Nogueira, o prefeito de Indaiatuba investigado pelo Ministério Público que mantinha R$ 1,5 milhão em sua residência.

“Quando o Ney [Marcúrio, vereador do PROS] quis cassar seu mandato, eu te defendi por ser do meu partido!”, lembrou Dayane na tribuna da Câmara, se dirigindo a Marquinhos. “Mas às vezes o Poder fala mais alto mesmo, sabemos disso”.

Marquinhos rebateu Dayane. “Não devo lealdade a partido ou colega de partido”, disparou, assumindo que tem um acordo com o deputado Rogério Nogueira, por isso o apoiou nas eleições. “Não tenho nada contra a vereadora, isso é uma raiva que ela está remoendo”, afirmou.

Da Redação

Nenhum comentário:

Leave a Reply

Scroll to top