Após aprovação de plebiscito, Saae cancela audiência sobre concessão

A Prefeitura de Mogi Mirim anunciou no início da tarde desta terça-feira, 15, o cancelamento da audiência pública para discussão do edital de concessão do Serviço Autônomo de Água e Esgotos (Saae) à iniciativa privada. A decisão ocorre após a Câmara Municipal ter aprovado na noite de segunda, 14, um plebiscito popular sobre a questão.

A audiência pública, que deveria servir para a população debater pontos da proposta de concessão e demais documentos relativos ao trâmite burocrático, estava marcada para ocorrer nesta quinta-feira, 17, a partir das 19 horas na Estação Educação. O Governo Municipal não informou qual o motivo do cancelamento.

Pressionados nos últimos dias pela população, vereadores foram favoráveis ao plebiscito (Flávio Magalhães/A COMARCA)

Na última sessão do ano, os vereadores aprovaram por 16 votos a 1 o projeto de decreto legislativo para a realização de um plebiscito sobre a concessão do Saae. O único contrário foi o vereador Ney de Martim (PROS). A proposta aprovada cria uma comissão composta por representantes de sindicatos, de entidades de classe, da zona Rural, do movimento contrário à venda do Saae e da Prefeitura. Essa comissão deve acompanhar a discussão do projeto de concessão da autarquia municipal, que antecederá a consulta popular.

Informe do Governo Municipal não apresenta justificativas para cancelamento (Divulgação/Prefeitura Municipal)

Mais informações sobre o processo de concessão do Saae de Mogi Mirim estão na edição de sábado, 19, do jornal A COMARCA.

Por Flávio Magalhães

Nenhum comentário:

Leave a Reply

Scroll to top