Primeiro escalão de Stupp sofre novas baixas

A dança das cadeiras continua no governo de Gustavo Stupp (PDT). Dessa vez, o prefeito precisou abrir mão de seu secretário de Negócios Jurídicos, Fabiano Rodrigues Urbano, que pediu exoneração recentemente para assumir um cargo numa instituição de Brasília (DF).

Desde segunda-feira, 18, quem responde pela pasta é a ex-procuradora geral do município, Clareana Falconi Vedovoto. É o terceiro nome diferente que assume o comando da secretaria desde o início da gestão Stupp. Consequentemente, a advogada Tânia Mara Rossi de Oliveira Sakzenian foi nomeada à Procuradoria da Prefeitura.

Fabiano Urbano deixou Negócios Jurídicos; Clareana Vedovoto assume pasta (Fotos: Arquivo/A COMARCA)

Outra baixa confirmada é na Secretaria de Saúde, onde Jonas Alves de Araújo Filho, o Joninhas, já confirmou sua saída. O substituto ainda não foi escolhido pelo governo. A confirmação virá apenas no decorrer da próxima semana.

Em dezembro, Joninhas foi exonerado do cargo comissionado de ouvidor geral do município. Para seu lugar foi nomeado o ex-secretário de Suprimentos e Qualidade Antônio Carlos Camilotti Júnior. Agora, Joninhas deve permanecer apenas na Secretaria de Governo.

Houve troca de comando ainda na Secretaria de Tecnologia da Informação. Vinda de Hortolândia exclusivamente para o processo de implantação dessa pasta, Rúbia Mara Rossi foi exonerada no início do ano. A substituta é a secretária de Planejamento e Mobilidade Urbana, Beatriz Gardinalli, que acumula ainda a Secretaria de Segurança Pública.

Já a Secretaria de Suprimentos e Qualidade, que antes do corte de cargos era de responsabilidade de Thiago Kleinfelder e passou para o ex-secretário de Negócios Jurídicos Fabiano Urbano, está sob as diretrizes de Kátia Elaine da Silva, que até então ocupava a função de gerente.

A chefia de Gabinete, até então a cargo de Francisco Scarabel Júnior, volta para Rosângela Schiavon, que ocupava a função antes do corte de gastos promovido por Stupp em setembro. Scarabel Júnior segue a frente da Secretaria de Administração e da pasta de Cultura e Turismo.

Além disso, o ex-secretário da Fazenda de Mogi Guaçu Ivan Pinheiro, que teve uma passagem relâmpago na presidência do Saae, foi nomeado como gerente junto ao Gabinete. Já Gabriela Galhardoni, vítima de um suposto esquema de extorsão na Prefeitura, voltou para ocupar um cargo na Secretaria de Gestão, Captação e Controle.

Por Flávio Magalhães

Nenhum comentário:

Leave a Reply

Scroll to top