Etec investe na construção de refeitório na volta às aulas

A direção da Escola Técnica (Etec) “Pedro Ferreira Alves” anuncia como grande novidade para o início deste ano letivo (as aulas foram retomadas na quinta-feira, 11, para 1840 alunos, dos quais, 440 ‘novatos’) a construção de um refeitório digno do nome.

O diretor André Luiz dos Santos informa que desde o final do ano passado já estavam projetados investimentos na cobertura de uma área junto ao pátio principal da escola e a aquisição de equipamentos como aquecedor de vasilhames, fornos de microondas e geladeira, totalizando cerca de R$ 22 mil reais que serão custeados pela Associação de Pais e Mestres (APM). “Tínhamos uma situação altamente indesejada de estudantes se alimentando em escadaria. Vamos acabar com isso”, prometeu.

Diretor André Luiz dos Santos aposta em refeitório na volta às aulas da Etec "Pedro Ferreira Alves"

Santos havia feito o anúncio da obra ainda na primeira quinzena de dezembro quando organizou a recepção para os novos alunos e pais. Ele destacou que uma das grandes dificuldades no ano passado foi exatamente equacionar a questão da alimentação dos estudantes, assunto que exigiu entre outras coisas uma tensa negociação com a Prefeitura e que resultou, segundo ele, em débitos na ordem de R$ 60 mil prometidos como repasse pelo município e que ainda não tinham sido quitados pela administração que ao final do ano passado gabava-se em propagando oficial em ter terminado o ano com “superávit”.

O calote da Prefeitura veio a agravar ainda mais a situação do caixa da APM, cujos responsáveis já vinham lutando para eliminar outras dívidas, como, por exemplo, aquela contraída junto ao INSS para pagamento de funcionários. Santos disse que essa dívida, que na origem passava dos R$ 110 mil, já foi reduzida para menos da metade, mas que a situação ainda preocupa. “Estamos trabalhando de forma intensa, usando a imaginação, contando com a ajuda de potenciais parceiros e com a compreensão dos pais e alunos para o fortalecimento da APM que em horas de maior dificuldade é quem ajuda na consolidação de projetos que visam assegurar o bem-estar coletivo de toda nossa comunidade estudantil”, observou.

Novo espaço ficou pronto para o primeiro dia de aula e já acomoda estudantes, ampliando espaço do pátio


MERENDA

André Santos mencionou ainda que o governo estadual, por intermédio do Centro Paula Souza (que administra as Etecs e Fatecs) já está providenciando processo licitatório para fornecimento da merenda aos estudantes aqui da cidade. Devido à morosidade dos trâmites burocráticos, Santos estima que esse processo, na melhor das hipóteses, deverá estar pronto em até 45 dias depois do reinício das aulas.
Enquanto isso, serão distribuídos no horário de almoço uma barra de cereal, um suco e biscoito. “Contamos com a compreensão de todos, porque, por enquanto, é o que está ao nosso alcance”, encerrou.

Da Redação

Nenhum comentário:

Leave a Reply

Scroll to top