“Minha Casa” ainda não tem data para entrega

Ainda não foi definida uma data para a entrega dos 300 apartamentos do residencial “Terras de Mogi”, construídos pelo programa “Minha Casa, Minha Vida”, do governo federal. O motivo, segundo técnicos da gerência municipal de Habitação, é o atraso nas obras, ocasionado pelas chuvas de dezembro e janeiro.

A entrega dos apartamentos foi prometida pela Prefeitura para fevereiro deste ano, o que não foi possível realizar. Quanto aos documentos dos munícipes contemplados, eles ainda estão em análise na Caixa Econômica Federal (CEF). Em julho passado, 573 pessoas participaram do sorteio realizado no Ginásio “Wilson Fernandes de Barros”, o Tucurão.


A construção das 300 unidades do programa “Minha Casa Minha Vida” teve início em agosto de 2014. A construtora responsável é a BM Engenharia, de Poços de Caldas. Serão entregues apartamentos com aproximadamente 50 metros quadrados de construção cada, localizados ao final da Avenida Expedito Quartieri, zona Leste da cidade.

Cada apartamento conta com dois dormitórios, sala, cozinha, banheiro e área de serviço. Dos R$ 21 milhões investidos na obra, R$ 18 milhões vieram através de governo federal. Os outros R$ 3 milhões vieram por aporte do programa “Casa Paulista”, do governo estadual.

As parcelas do financiamento não devem ultrapassar 5% da renda da família, ficando entre R$ 25 e R$ 90, com dez anos para pagar. O valor total de cada apartamento é de aproximadamente R$ 50 mil. Das 300 moradias, 32 foram reservadas para idosos e pessoas com deficiência.

Da Redação

Nenhum comentário:

Leave a Reply

Scroll to top