Tranquila, Maria Helena deixa o PSDB

A vereadora Maria Helena Scudeler de Barros reuniu a imprensa na tarde de ontem, 26, para anunciar sua saída do PSDB, após duas décadas atuando como vereadora pela legenda. “Combati e combato o bom combate”, definiu, em mensagem dirigida à população mogimiriana.

Tranquila, Maria Helena afirmou que pautou sua decisão pela transparência e pelo bom senso. “Tenho certeza que minha conduta é a favor do povo”, garantiu. Sua saída do PSDB é consequência da filiação do ex-prefeito Carlos Nelson Bueno, acolhido no ninho tucano na semana passada. “Entendo que não há outro caminho a seguir, esperava que o partido tomasse outra atitude”, revelou.

“O que a população quer nesse momento é extirpar as velhas práticas políticas”, disse Maria Helena, em clara crítica a Carlos Nelson. A vereadora acredita que a filiação do ex-prefeito se deu por interesses pessoais e oportunismo. “Isso se contrapõe a tudo o que eu penso”, ressaltou.


Diante da situação, Maria Helena cumpriu o que havia dito ainda no ano passado, deixando o ninho tucano logo após a filiação de Carlos Nelson. “Senti que essa medida eu tinha que tomar e quero que o povo de Mogi Mirim aceite essa posição”, afirmou.

A saída da vereadora foi comunicada à executiva do partido na quinta-feira, 25, e está enquadrada na janela de transferências partidárias aprovada pela Reforma Política do Congresso Nacional. Isso significa que não haverá nenhum tipo de punição à Maria Helena pela decisão.

Sobre o futuro, a vereadora preferiu não se manifestar. Garantiu que é pré-candidata a prefeita nas eleições de outubro, mas não revelou por qual partido. “Recebi e continuo recebendo vários convites, vou analisar”, prometeu. A resposta deve ser rápida.

Caso Maria Helena viabilize sua candidatura e o PSDB consiga legalmente emplacar Carlos Nelson, os dois devem repetir a disputa eleitoral de 2004, quando a vereadora acabou derrotada. Agora, 12 anos depois e mais amadurecida, Maria Helena garante: “não terei dificuldade nenhuma em enfrentá-lo”.

Da Redação

Nenhum comentário:

Leave a Reply

Scroll to top