Prefeitura reduz cesta básica dos funcionários

A Prefeitura comunicou na última terça-feira, 05, a redução da cesta básica dos funcionários públicos municipais. Já neste mês de abril os servidores não receberão como benefício quatro itens: esponja de aço, escova de dente, sabão em pó e sabão em pedra. Outros dois itens foram substituídos. A lata de atum foi trocada pela sardinha e o pêssego em caldas pela goiabada.

Saiba mais: Sindicato da categoria não aceita mudanças na cesta básica

Scarabel, secretário de Administração
Além disso, outros produtos foram reduzidos: o açúcar (de 5kg para 3kg), o pó de café (de 1kg para 0,5kg), o extrato de tomate (de três unidades para duas), o óleo vegetal (de quatro unidades para três), o leite em pó (de 1kg para 0,5kg) e o sabonete (de quatro para duas unidades). O arroz e o feijão permancem inalterados, enquanto o macarrão foi ampliado de dois para três pacotes.

A justificativa, de acordo com o secretário de Administração Francisco Scarabel Júnior, foi o corte de gastos. Se fosse mantida com os mesmos itens, a cesta básica ficaria 15% mais cara com a renovação do contrato, passando de R$ 182 para R$ 209 cada uma. “Não poder correr o risco de aumentar o custo, pois o orçamento da secretaria diminuiu”, explicou.

Com os cortes, a cesta básica agora custa R$ 154 cada aos cofres públicos, uma redução de 16% e uma economia total de R$ 720 mil em um ano. A mudança vinha sendo estudada desde dezembro. “Achei por bem manter os mantimentos e cortar itens da limpeza”, afirmou Scarabel. “Posso garantir que nossa cesta ainda é a melhor da região”, concluiu.

Da Redação

Nenhum comentário:

Leave a Reply

Scroll to top