Pastoreio de gado em área nobre da cidade causa incômodo a moradores

A cena se repete diariamente há pelo menos dois anos conforme testemunho de pessoas que residem numa área residencial de alto padrão localizada na zona leste da cidade, que abrange o Jardim Patrícia, Jardim Itapema e Jardim Brasília. Um mini rebanho de bois e vacas pastoreia sem ser incomodado em ruas destes bairros, se alimentando da vegetação que encontram pela frente e provocando muita sujeira.

Segundo depoimento de um morador do Jardim Patrícia, que prefere ter a identidade preservada, o gado costuma chegar de uma área localizada entre a Pedreira de Grava e o Jardim Patrícia. “O proprietário solta os bois e deixa”, afirma o morador. Os animais , segundo afirmou o denunciante, além do mato e do capim que encontram pela frente se servem das mudas de árvores plantadas em frentes às residências e em áreas verdes.


O maior problema, contudo, no entendimento dos moradores que reclamam providências das autoridades, refere-se à segurança dos motoristas que se servem das ruas naquelas imediações. Um morador disse que é comum que as vacas e bois circulem pela rua Ariovaldo da Silveira Franco, a rua da Etec. “Esta é uma via de acesso que absorve o tráfego de veículos de pelo menos quatro bairros no entrono sem falar dos que se dirigem para a estrada da cachoeira e points noturnos”, observou.

Este morador afirmou ainda que o gado atravessa cercas que conduzem à ligação entre a FATEC e a Rodovia Nagib Chaib. “Já vi vaca na margem desta estrada e até durante à noite. A qualquer hora vai ter tragédia”, avisa. No referido local é normal veículos imprimirem velocidade acima dos 80 km por hora.

1 comentários:

  1. O proprietário se chama João, e seu sitio fica atraz do condomínio no Morro vermelho, já não planto mais em frente de casa, o gado passa e destroi tudo.

    ResponderExcluir

Scroll to top