Dividido, PPS decide apoiar Carlos Nelson

Apesar de divisão explícita, o PPS chegou a um consenso. Em reunião na última segunda-feira, 18, a executiva municipal da legenda decidiu pelo apoio ao PSDB de Carlos Nelson Bueno. Esta é a segunda sigla que anuncia oficialmente apoio ao ex-prefeito. A primeira foi o PSD, há poucas semanas.

Gerson Rossi Júnior
O presidente municipal do PPS, o atual vice-prefeito Gerson Luiz Rossi Júnior, disse em nota à imprensa que o partido vai investir em nomes para o Legislativo. “Desejamos participar das eleições municipais com um chapa forte de vereadores, e vivemos uma fase de reconstrução do Partido, pois assim a sociedade exige”, declarou.

Atualmente, o PPS conta com dois vereadores: Manoel Palomino e Laércio Pires. Curiosamente, ambos representavam a divisão do partido. Palomino, guarda civil municipal de carreira, não escondia a preferência por Ricardo Brandão (PMDB), que criou a GCM durante sua gestão, nos anos 1980. Por outro lado, Pires ultimamente é só elogios para os oito anos de administração de Carlos Nelson.

Agora, a sigla de Rossi Júnior tenta passar uma imagem de união. “Estaremos a disposição como sempre estivemos, do mandatário do Poder Executivo Municipal, para que a cidade tenha logo a retomada do desenvolvimento socioambiental e principalmente econômico que hoje tem afligido nosso país e nossa cidade”, finalizou.

Nenhum comentário:

Leave a Reply

Scroll to top