Turma do Stupp não está comigo, diz CNB

O candidato a prefeito Carlos Nelson Bueno (PSDB) subiu o tom pela primeira vez em sua campanha para declarar que não tem o apoio do atual chefe do Executivo Gustavo Stupp (PDT). “É importante que vocês saibam com quem estão aqueles que ajudaram a devastar a cidade”, disse para seus correligionários e apoiadores, que lotaram o comitê da coligação “Mogi Mirim Crescendo de Novo” no último sábado, 27.

Aproveitando a inauguração oficial do comitê e acompanhado do deputado estadual Barros Munhoz (PSDB), Carlos Nelson fez duras críticas à atual Administração Stupp, que classificou como “tsunami”. O tucano foi mais longe, dizendo também que não acredita que há alguém “comprometido com o atual governo” apoiando seus adversários Ernani Gragnanello (PT), Elias Ajub (PR) e Coronel Vanderlei de Oliveira (PRP).


“Aqui também não tem [ninguém do atual governo]”, fez questão de ressaltar o candidato do PSDB. Entre os partidos coligados da chapa “Mogi Mirim Crescendo de Novo” há o PPS do vice-prefeito Gerson Rossi e o SD do ex-secretário municipal Leonardo Zaniboni. No entanto, já no ano passado, ambos sinalizaram um afastamento do Governo Stupp. É por esse motivo que Carlos Nelson sustenta o discurso de que sua candidatura não está apoiada pelo atual chefe do Executivo.

Aliás, em seus discurso, o tucano insinuou que Gustavo Stupp apoia Ricardo Brandão (PMDB) nessas eleições. Sem dizer o nome do rival, Carlos Nelson ironizou um anúncio publicitário da coligação “Tudo Por Mogi Mirim”, encabeçada pelo adversário. “Eu li uma propaganda que dizia ‘Para mudar tudo em nossa cidade’. Mas mudar como? Mudar com quem está lá dentro? Acho difícil”, disparou.

A maior parte do discurso do candidato a prefeito, contudo, foi dedicada ao seu plano de governo. Carlos Nelson elegeu Educação, Segurança Pública e Saúde como suas principais bandeiras. Sobre esse último setor, disse que já escolheu sua vice, a ginecologista Lúcia Tenório, como futura secretária de Saúde. “Nosso diferencial é já ter um nome escolhido”, destacou.

O ex-prefeito também lembrou de suas realizações enquanto esteve no cargo, entre 2005 e 2012, como a implantação do sistema de tratamento de esgoto, a inauguração da Faculdade de Tecnologia (Fatec), a reformulação e modernização do sistema viário, os investimentos no abastecimento de água e outros pontos.

Nenhum comentário:

Leave a Reply

Scroll to top