Vila Dias conquista a Copa Cinquentão

A equipe da Vila Dias conquistou o título da Copa Paulo Borges Monteiro “Paulo Bolinha”, a tradicional Copa Cinquentão. A vitória veio nos pênaltis, após empate sem gols contra a Tucurense/Eros em partida realizada na manhã de domingo, 18, no estádio “José Geraldo Solidário”, no bairro do Mirante.

A Tucurense teve mais oportunidades de marcar aquele que poderia ser o gol do título, tanto no primeiro como no segundo tempo. No entanto, as boas chances foram desperdiçadas ou terminaram nas mãos do goleiro Rovilson, da Vila Dias. Com isso, o placar não saiu do 0 a 0.

Na disputa por penalidades máximas, a Tucurense/Eros não encontrou o caminho do gol. Fernando, Ari e Paulinho, os três primeiros cobradores do time, não conseguiram converter as cobranças. Situação completamente oposta pelos lados da Vila Dias. Cláudio, Osmar e Félix mandaram a bola para os fundos da rede e deram o título à equipe: 3 a 0 nos pênaltis.

O time vice-campeão também se consagrou como a defesa menos vazada. Os atletas Dener José Zaniboni e Leandro Luiz Bordignon sofreram apenas três gols em dez jogos. Já o título de artilheiro da competição ficou com José Fabiano Linares Biazotto, do Santa Cruz, que marcou oito gols. Na vice artilharia ficou Adevaldo Silva Moraes, do Vila Dias, autor de sete gols.


HOMENAGEM
A manhã também foi de homenagens. O patrono da Copa Cinquentão, Paulo Bolinha, foi lembrado em uma cerimônia feita no centro do campo do estádio do Mirante. A viúva Edna e a filha Paula Renata receberam uma placa em alusão ao evento feito em memória de um dos maiores nomes do futebol amador de Mogi Mirim.

Ex-jogador e dirigente da veterana Tucurense, Paulo Borges Monteiro faleceu aos 54 anos de idade, em 30 de dezembro de 2006. De temperamento forte, ganhou fama de linha-dura. Mas foi assim que obteve grande êxito no comando da hoje extinta Associação de Clubes de Futebol Amador de Mogi Mirim (Acfamm).

Paulo Bolinha participou ativamente da conquista de seis títulos da veterana Tucurense. Um bicampeonato em 1975 e 1976 como jogador. Outro como técnico em 1989 e mais três como presidente da agremiação da zona Norte, em 1993, 1997 e 2003.

Nenhum comentário:

Leave a Reply

Scroll to top