Em crise, Prefeitura cancela Carnaval

Diante do cenário de caos financeiro da Prefeitura de Mogi Mirim, cuja dívida herdada da administração anterior ultrapassa os R$ 20 milhões, o prefeito Carlos Nelson Bueno (PSDB) decidiu cancelar as atividades relacionadas ao Carnaval deste ano.

De acordo com o Governo Municipal, “o momento é de extrema dificuldade financeira para cumprir os compromissos da Prefeitura”. Assim, sem que seja feito um planejamento antecipado dos custos, fica inviável a realização dos festejos carnavalescos.

O Secretário de Cultura e Turismo, Marcos Dias dos Santos, o Marquinhos, afirmou que a intenção é desenvolver atividades mais simples este ano e que envolvam menos recursos, a fim de destacar a maior festa popular do país.

Carlos Nelson decidiu cancelar Carnaval em razão da crise

Contudo, somente no ano que vem, após um planejamento orçamentário, será possível fomentar atividades carnavalescas mais intensas em Mogi Mirim. O momento, segundo o secretário, exige identificação de prioridades e muito embora a Cultura seja um dos pilares da Administração Municipal, os custos com a realização de uma programação carnavalesca não podem ser assumidos neste momento pela Secretaria.

“Vamos nos programar para que nos próximos anos possamos fazer a festa que a cidade merece. No momento, temos que concentrar nossas atenções em questões básicas até de infraestrutura diante da situação de abandono encontrada na Cultura e em praticamente toda a cidade”, afirmou Marquinhos.

Nenhum comentário:

Leave a Reply

Scroll to top