Homem é preso pela DDM acusado de agredir a irmã, a filha e ex-esposa

Roberson Pires de Avila, 36, foi preso por policiais civis na madrugada de quinta-feira, 16, após ter agredido violentamente a irmã, 32; a ex-esposa, 36, e a filha de 16 anos. O caso aconteceu em uma chácara localizada na Rua Lázaro Barbosa, nas chácaras Sol Nascente. Além de agredir as mulheres, ele teria danificado um veículo VW Fox, um Ford Escort e uma moto CBX 250.

Uma vizinha da família acionou os policiais civis. Ela contou à reportagem de A COMARCA, que estava em sua residência com a filha, quando ouviu batidos na janela e pedidos de socorro. Ao abrir, deparou-se com sua vizinha toda ensanguentada, que contou o ocorrido.

Quando os investigadores chegaram ao local, depararam-se com uma das vítimas, violentamente ferida, principalmente no rosto. Dois veículos e uma moto estavam danificados. O homem foi detido e negou as agressões. Ele teria dito aos policiais que seu cunhado seria o responsável pela agressão.

Ele foi encaminhado à Delegacia de Defesa da Mulher (DDM), autuado pela delegada Raquel Cassali e segue preso.

Segundo apurado, a ex-esposa do autor seria moradora de Ribeirão Preto, e teria vindo a Mogi Mirim com o veículo VW Fox, a pedido das filhas, que atualmente estariam morando com a avó paterna. Segundo as meninas relataram, não queriam permanecer em Mogi Mirim e pediram para a mãe, que tem uma medida protetiva contra Roberson, para que viesse buscá-las.

Segundo informações, quando chegou na chácara da ex-sogra, já havia começado a briga entre os irmãos e ela também foi agredida. A filha relatou que o pai a agrediu com socos na cabeça. Todos os envolvidos foram levados à DDM, onde prestaram depoimentos.

OUTRO LADO
Os pais do autor e vítima, também conversaram com a reportagem de A COMARCA. O casal relatou que a história seria outra. Segundo a mãe de Roberson, 59, a filha e genro teriam agredido-a, e o filho só teria interferido para defender os pais.



Nenhum comentário:

Leave a Reply

Scroll to top