Mogi Mirim embala duas vitórias seguidas no Paulista A2

O Mogi Mirim Esporte Clube (MMEC) finalmente encontrou o caminho da vitória no Campeonato Paulista da Série A2. Após três derrotas consecutivas nas três primeiras rodadas, o time goleou o Barretos por 4 a 0 e aplicou uma virada memorável no Juventus, por 4 a 2. A equipe jogou ambas as partidas como mandante, mas longe do estádio “Vail Chaves”, interditado para os jogos.

O Sapo agora soma os primeiros seis pontos da competição e chega na sexta rodada entre os dez primeiros colocados, saindo da incômoda penúltima posição. As duas vitórias ganham ainda mais importância pelo fato do Mogi Mirim ter enfrentado adversários diretos, que se encontram também na fuga da zona de rebaixamento.

Divulgação / Juventus

BARRETOS
Em sua primeira vitória no Campeonato Paulista da Série A2, o Mogi Mirim não tomou conhecimento do Barretos e atropelou o adversário pelo placar de 4 a 0. A partida, válida pela quarta rodada, foi disputada no estádio “Nicolau Alayon”, em São Paulo, na manhã do último domingo, 12.

Os gols do Sapo diante do Touro do Vale foram anotados por Edinho, aos 42 minutos da primeira etapa; Ortigoza, aos dois minutos do segundo tempo; Formiga, aos quatro, e Vitinho, aos 22 minutos também da etapa complementar.

A partida começou aberta e marcada por muito equilíbrio. O Barretos tentava tomar a iniciativa do jogo, mas a forte marcação do Mogi Mirim fazia com que o time mandante levasse a melhor nas disputas no meio de campo.

Apesar de movimentado, o jogo não teve muitas chances de gol na primeira etapa e foi apenas aos 42 minutos que o Mogi chegou ao primeiro gol. Edinho recebeu dentro da área, fintou um adversário e bateu para o fundo do gol para abrir o placar logo antes do intervalo.

E logo no início da etapa final, o Mogi Mirim tratou de matar o jogo. Em quatro minutos, Ortigoza e Formiga aproveitaram falhas na saída de jogo do adversário e marcaram mais duas vezes, ampliando a vantagem para 3 a 0 e praticamente sacramentando a vitória.

Para completar a goleada, aos 22 minutos, Edinho fez nova jogada individual e encontrou Vitinho livre na pequena área, que apenas teve o trabalho de empurrar para o gol e dar números finais à goleada.

JUVENTUS
O estádio Major Levy Sobrinho, em Limeira, foi palco de um jogo emocionante. O Mogi Mirim conseguiu virada absolutamente espetacular sobre o Juventus, em partida válida pela quinta rodada. Após terminar o primeiro tempo perdendo por dois gols de diferença, o Sapão da Mogiana conseguiu uma emocionante virada para 4 a 2 nos minutos finais. Os três gols da virada marcados em apenas seis minutos.

Sob forte calor em Limeira (a partida começou às 16 horas da última quinta-feira, 15), os dois times tiveram pouca movimentação. Nos 10 minutos iniciais, o Mogi Mirim levou perigo ao gol de Deola em dois momentos.

O Juventus respondeu aos 16 minutos e quase marcou em chute cruzado, mas o goleiro Pablo, do Sapo, defendeu. Mas o gol do Moleque Travesso veio logo na sequência, aos 17 minutos. Júnior Timbó recebeu sozinho dentro da área, fintou o goleiro e bateu cruzado para tirar o zero do placar.

Após o gol, o Sapão da Mogiana veio logo para cima em busca do empate e chegou a fazer com que Deola trabalhasse para manter o Juventus em vantagem. Mas o momento do Mogi Mirim passou e o Juventus voltou a controlar o jogo e foi em busca do segundo gol. Aos 33 minutos, Judson aproveitou falha na zaga do Mogi e bateu na saída do goleiro para ampliar o marcador.

Após sofrer o segundo gol, o Mogi Mirim pressionou o Juventus na defesa e partiu para cima para tentar diminuir o prejuízo antes do intervalo, mas a equipe não teve sucesso. Na segunda etapa, o jogo também demorou a engrenar. No entanto, foi o Sapão da Mogiana quem passou a dominar as chances de ataque e pressionar o Juventus.

E o gol do Mogi Mirim finalmente veio aos 31 minutos. Após primeiro chute, a bola bateu na zaga sobrou nos pés de Edinho, que bateu de pé direito fez o gol do Sapo. E o time mogimiriano não parou por aí. O Sapão aproveitou o cansaço do Juventus na etapa final e conseguiu o empate aos 38 minutos.

No cruzamento, a zaga rebateu mal e sobrou para Miguel igualar o marcador em Limeira. Após o gol, o Mogi Mirim demonstrou seu poder de reação, foi pressão total para cima do Juventus e precisou de apenas mais quatro minutos para ampliar o placar para 4 a 2.

Aos 41 minutos, o gol da virada veio com Dedé de cabeça, no momento em que o Sapo veio com tudo para cima. A pressão foi tanta que o time mogimiriano ainda marcou mais um. Aos 44 minutos, novamente Miguel marcou e fechou o placar em Limeira.

PRÓXIMO
O Mogi Mirim volta a campo amanhã, 19, às 16 horas. A partida será fora de casa, diante da Portuguesa. O jogo, inicialmente agendado para o estádio “Dr. Oswaldo Teixeira Duarte”, o Canindé, foi transferido para o “Anacleto Campanella”, em São Caetano do Sul. Motivo: o Canindé, neste final de semana, é palco do CarnaUOL, um esquenta carnavalesco com atrações nacionais e internacionais.

Nenhum comentário:

Leave a Reply

Scroll to top