Comissionados e FGs caem de 297 para 22

Uma economia de R$ 850 mil por mês. Esse é o resultado da diminuição dos custos de Funções Gratificada (FGs) concedidos aos servidores públicos municipais e cargos comissionados de livre nomeação pelo Poder Executivo.

A informação foi divulgada pelo chefe de Gabinete e Secretário de Governo, Danilo Zinetti, na audiência pública realizada pela Secretaria de Finanças no último dia 23 de fevereiro, no plenário da Câmara Municipal.

A FG é uma bonificação concedida ao servidor público efetivo em decorrência de nomeação para uma função que deverá, em tese, ter experiência e qualificação específica comprovada para o cargo.
Na gestão anterior, 297 servidores públicos lotados em todas as secretarias municipais recebiam a gratificação. Atualmente, esse número despencou para 22, inclusos os secretários municipais.

“É uma economia necessária, pois precisamos quitar diversas pendências deixadas pela falta de zelo com a gestão pública. Agora temos que cortar na carne”, enfatizou Zinetti.


O secretário de Governo e chefe de Gabinete Danilo Zinetti

Nenhum comentário:

Leave a Reply

Scroll to top