Crateras tomam a Rua Joaquim Andrade

Uma grande variedade de buracos no asfalto há tempos integra o visual da Rua Joaquim Andrade, uma das mais movimentadas do Jardim Paulista, bairro da zona Norte da cidade. A via, com mão dupla de direção, é um dos acessos para a escola municipal “Humberto Brasi” e registra um tráfego intenso.

A rua aparenta total abandono por parte do Poder Público. Os buracos aumentam a cada dia, não só no comprimento, mas na profundidade. Cair com o automóvel em um deles é prejuízo na certa. A situação preocupa quem mora na região, pois a chance de acidente é real, já que veículos podem perder o controle ou até mesmo pedestres podem se ferir caso não estejam atentos aos buracos.

Vale lembrar que a Rua Joaquim Andrade é rota do transporte público municipal. As linhas 6 e 7 da Santa Cruz Transportes trafegam diariamente pela via, que possui dois pontos de parada para os ônibus. Como a região é populosa, o trânsito de veículos também é diário.


O trecho mais precário é justamente o que se aproxima da escola “Humberto Brasi”. Nessa semana, aliás, uma cena chamou a atenção. Um galho de árvore e um pequeno pé de mamão foram literalmente plantados em profundo buraco, certamente em forma de protesto e como alerta aos motoristas.

De acordo com informações da Prefeitura, ao menos 200 metros da Rua Joaquim Andrade estão inclusos no programa de recapeamento que começou pela Avenida Juscelino Kubitschek e chegará a algumas ruas do Jardim Paulista. As obras terão início quando a verba for liberada pelo Ministério das Cidades.

Nenhum comentário:

Leave a Reply

Scroll to top