Sapo é arrasado pelo São Caetano fora de casa

Um massacre no ABC Paulista. O Mogi Mirim Esporte Clube foi atropelado pelo São Caetano na abertura da 12ª rodada do Campeonato Paulista da Série A2, em partida disputada no Anacleto Campanella, em São Caetano do Sul, na noite da última terça-feira, 21. O largo placar de 6 a 0 complicou a vida do time do técnico Marcelo Veiga.

Desde o início da partida, os poucos mais de 500 torcedores presentes ao Anacleto Campanella já puderam perceber que seria uma partida bastante aberta, de muitas chances de gols e jogadas pelas laterais. Logo aos quatro minutos, o goleiro Paes, do São Caetano, precisou trabalhar, fazendo uma boa defesa após cabeceio de Miguel.

A postura dos mandantes mudou e não demorou para o placar ser inaugurado. A jogada começou aos seis minutos, em uma bonita arrancada de Alex Reinaldo. Assim que se desfez da marcação adversária, o jogador encontrou Paulo Vinícius na linha de fundo. O meia caprichou no cruzamento e Ermínio, mesmo sem ser muito alto, conseguiu ganhar e cabecear forte. A bola tocou no travessão e caiu dentro da baliza do Mogi Mirim.

O resultado positivo animou o Azulão, que continuou melhor no jogo. O Sapo assustou o goleiro Paes apenas em cobranças de falta. Em uma delas, aos 24 minutos, Edinho encobriu a barreira e acertou o alvo, mas o camisa 12 saltou e salvou o time do ABC.

Dois minutos depois, o São Caetano mostrou que realmente não estava para brincadeira. Carlão fez uma jogada individual perfeita, deixando dois marcadores para trás. Assim que o goleiro Poti saiu, o atacante chutou e a bola entrou na baliza após passar por entre as pernas do arqueiro.

E poderia ter sido ainda pior para os visitantes. Ao perceber que o adversário estava abatido, o treinador Luis Carlos Martins mandou os seus comandados ao ataque. Em um chute de fora da área, Paulinho Santos acertou a trave, aos 35 minutos.

O Azulão atropelou e transformou uma vitória fácil em goleada. O terceiro gol veio aos oito minutos da segunda etapa. Depois de lançamento, Ermínio acertou um chute de primeira, fazendo uma verdadeira pintura do ABC.

O resultado acabou com qualquer ânimo que ainda existia na equipe de Mogi Mirim. Aproveitando o momento, o São Caetano fez mais um belo gol. Dessa vez Paulo Vinícius chapelou Gilmak e tocou para Paulinho Santos. O volante acertou um chute forte, sem chances de defesa para Poti.

O técnico Marcelo Veiga não sabia mais o que fazer. Aos berros, tentava acertar o seu time, mas o que ele assistiu foi mais um gol do São Caetano. Aos 17 minutos, os meias do Azulão entraram na área tabelando e a bola sobrou para Carlão. Inteligente, o atacante esperou o momento certo para finalizar com classe de deixar sua marca outra vez.

Ainda deu tempo do sexto gol. Aos 41 minutos, Paulinho Santos cruzou da direita e Lincom cabeceou para o fundo das redes, dando números finais à partida. O Mogi Mirim volta a campo hoje, às 16h, contra o Penapolense, no estádio Vail Chaves. O jogo é válido pela 13ª rodada da competição. (Com informações do portal Futebol Interior)

Nenhum comentário:

Leave a Reply

Scroll to top