Tarifa Social é suspensa por até 90 dias

A Secretaria de Assistência Social decidiu suspender a Tarifa Social pelo prazo de até 90 dias. A informação foi confirmada na manhã de ontem, 03, pela Prefeitura. O programa, implantado parcialmente no Governo Stupp, dava direito a passagens de ônibus por R$ 1.

“É uma medida emergencial e necessária, pois podemos trabalhar de acordo com os recursos que temos disponíveis. Não podemos agir de maneira desregrada ou sem responsabilidade mediante a população”, explicou a secretária de Assistência Social, Leila Feracioli Iazzetta.

Ela ainda detalhou que decisão é devido a falta de recursos adicionada ao fato de que, para os meses ainda em débito do ano passado, não terem recursos empenhados. Esse termo significa que, para cada gasto, o gestor deve deixar a quantia necessária em caixa para a quitação da conta. Quando isso não acontece, o artigo 42 da Lei de Responsabilidade Fiscal é infringido.

A previsão é que no período de até três meses as contas sejam ajustadas e o programa social atenda à população. “Sabemos da importância da tarifa social para os munícipes, pois muitas vezes esse é o recurso utilizado para quem busca emprego, para ir até uma consulta médica, para acesso ao centro e realizar serviços em bancos, lojas”, acrescentou Leila.

“Estamos atentos a isso, mas precisamos também avaliar as nossas condições no momento”, destacou a secretária. A ação imediata é a adequação das contas públicas.



Nenhum comentário:

Leave a Reply

Scroll to top