Usuários da Zona Azul podem pedir reembolso

A notícia sobre o encerramento de contrato com a empresa Transit Projetos e Serviços Ltda, responsável pela gestão do estacionamento rotativo em Mogi Mirim (a popular Zona Azul) deixou muitos motoristas na dúvida. Desde a última segunda-feira, 20, os bottons não possuem mais validade.

Ainda na tarde de segunda-feira, após reunião com representantes da concessionária Projetos e Serviços Ltda, a Secretaria de Suprimentos e Qualidades anunciou que todos os munícipes que tiverem créditos serão “ressarcidos”.

“O contrato já havia data para término e o munícipe que adquiriu os créditos recentemente não pode sofrer prejuízo”, declarou o secretário da Pasta, Guto Urbini. A partir de 01 de abril ficou estabelecido que os interessados deverão comparecer na sede da empresa para o reembolso dos valores referentes aos créditos excedentes.

“É necessário que o botton esteja em condições apropriadas para que o leitor consiga interpretar as informações e, assim, demonstrar o valor que deve ser repassado ao usuário”, explicou.

Os clientes terão o prazo de duas semanas para solicitarem a compensação dos valores. O período terminará no dia 17 de abril. Já os bottons sem créditos e sem uso poderão ser devolvidos à empresa. Nesta transação haverá a compensação no valor de R$ 3 para o usuário.



Nenhum comentário:

Leave a Reply

Scroll to top