Assassinos de Lorenzo são condenados a mais de 15 anos

Talita Helena Rodrigues Caetano, 24, e Maicon Alexandre Bepler, 26, foram condenados na noite da última segunda-feira, 27, pelo assassinato do jovem Lorenzo Andrade de Moraes, na ocasião com 22 anos, ocorrido no dia 10 de março de 2014.

O corpo de jurados composto por cinco mulheres e dois homens, considerou o casal culpado pelo homicídio triplamente qualificado no que se referia a Bepler e duplamente qualificado em relação à Talita. Ele foi condenado a 15 anos e 08 meses e ela a 16 anos e 09 meses.

O júri marcado para ter início às 08 horas da manhã, na Câmara Municipal de Artur Nogueira, sofreu atraso de quase duas horas, devido a escolta da ré ter sofrido atraso. Com a chegada de Bepler, que segue preso em Americana, e de Talita, que está no presídio em Franco da Rocha, tiveram início os trabalhos para compor o tribunal do júri.

Tal tribunal é composto por um juiz presidente e 25 jurados, dos quais sete são sorteados para compor o conselho de sentença, que tem o encargo de condenar ou absolver o crime atribuído aos réus. Durante a escolha dos jurados de defesa e acusação, é possível aceitar ou rejeitar algum jurado sorteado.

Cada parte, defesa e acusação, pode rejeitar até três jurados sorteados. No momento do sorteio, o promotor Pedro dos Reis Campos teve o cuidado em indagar se as juradas, no caso das mulheres, possuíam filhos e se estes seriam do sexo masculino.

Formado o júri, iniciou-se o depoimento das testemunhas de acusação e defesa, e posteriormente o interrogatório de Maicon e Talita. Depois houve a explanação do promotor e das defesas de Maicon e Talita, que ficou a cargo dos advogados Leticia Müller e Gustavo Amaral.

Após os jurados acompanharem os trabalhos, o corpo de jurados seguiu para a sala secreta, onde foi feita a votação. Às 20h16, o juiz Paulo Henrique Aduan Corrêa leu a sentença dos acusados.

Maicon foi condenado por homicídio triplamente qualificado, considerando o motivo fútil, cruel e que dificultou a defesa da vítima, resultando na pena de 15 anos e 08 meses. Já Talita, foi condenada pelo homicídio duplamente qualificado, pelo meio cruel empregado e a dificuldade de defesa da vítima. Ambos também foram condenados pelo crime de furto, já que além de se apossarem de R$ 40 que estavam na carteira de Lorenzo, também realizaram saque bancário na conta da vítima.



Nenhum comentário:

Leave a Reply

Scroll to top