Jogo virtual suicida "Baleia Azul" chega a Mogi Mirim

O jogo virtual “Baleia Azul” que tem alarmado inúmeros pessoas em todo o mundo, já fez vítima em Mogi Mirim. O jogo sinistro é disputado pelas redes sociais, propondo desafios aos adolescentes participantes, fazendo com que os mesmos cumpram 50 tarefas, como assistir filmes de terror, automutilação, entre outros, sendo que todas as etapas devem ser fotografadas pelo participante e as imagens enviadas ao “curador” do jogo. Na etapa final, o adolescente cometa suicídio.

Esta semana a mãe de um jovem de 15 anos procurou a polícia para relatar que seu filho que estava desaparecido, e possivelmente participando do jogo. Segundo seus relatos, no último dia 20, seu filho havia deixado a residência para jogar bola, não retornando mais.

No dia do desaparecimento e no dia seguinte, a mãe do adolescente buscou informações junto a conhecidos e amigos do garoto, sendo que tomou conhecimento através de uma amiga que o garoto relatou que estaria no estágio final do jogo e que quando chegasse na última etapa iria até o último andar de um prédio, de onde saltaria para a morte.

Inclusive, a mãe do garoto, quando registrou o boletim de ocorrência sobre o desaparecimento, contou à polícia que no dia anterior ao sumiço do filho, viu no braço esquerdo do mesmo uma tatuagem de uma baleia, feita com gilete e o indagou. O garoto assumiu que teria sido um desafio do jogo Baleia Azul, mas que ele não estaria mais participando. Na manhã da quarta-feira, 26, a mãe do garoto esteve na Polícia Civil, para informar que o filho havia sido localizado. A possibilidade que mais adolescentes mogimirianos estejam “jogando” o Baleia Azul é grande.

O JOGO
Com uma série de desafios diários, enviados ao participante através de um "curador", o jogo consiste desde tarefas simples como outras mais mórbidas, onde o participante se vê obrigado a mutilar-se, tendo como desafio final, causar a própria morte. Segundo o apurado até o momento, o “curador” ameaças os participantes, caso eles tentem desistir de cumprir todas as etapas impostas.

ALERTA
O jogo que tem apelo de riscos letais, tornou-se moda entre os adolescentes e é difundido através da internet, tem uma velocidade terrível de se espalhar entre os jovens.  A orientação é para que os pais dos adolescentes redobrem a atenção quanto ao uso de internet e redes sociais, prestem atenção no comportamento dos filhos e principalmente tenham muito diálogo.



Nenhum comentário:

Leave a Reply

Scroll to top