Prefeito entrega prédio do antigo Gabinete à Câmara

O Legislativo Municipal já tem a posse do edifício em que estava instalada sede do Poder Executivo. Em reunião na última terça-feira, 11, no novo Gabinete do Prefeito, Carlos Nelson Bueno (PSDB) fez a entrega oficial das chaves para o presidente da Câmara, Jorge Setoguchi (PSD).

“Esta ação tem um grande simbolismo. Estamos dando um passo para que os vereadores ocupem o edifício em que terão as acomodações necessárias para que possa ser desocupado o conhecido ‘Palácio de Cristal’”, declarou o prefeito. A ação é resultado do diálogo entre os dois poderes. “É necessário o compartilhamento de medidas que colaborem com o interesse coletivo”, pontuou Carlos Nelson.

Em questão está o custo de quase R$ 27 mil pelo aluguel do prédio que atualmente comporta os gabinetes dos vereadores. “Estamos em um processo de contenção de gastos e, sem dúvida, a população também tem o desejo que este custo seja extinto o mais breve possível”, concluiu o chefe do Executivo.

O presidente da Câmara, Jorge Setoguchi, e o prefeito Carlos Nelson Bueno

Jorge Setoguchi, afirmou que já há projetos avançados para a reforma do prédio que foi entregue pela Prefeitura, a fim de acomodar os membros do Legislativo. “Todo o processo está sendo feito para que os vereadores e seus assessores tenham mais qualidade e privacidade em seus trabalhos legislativos”, pontuou o presidente da Câmara.

Segundo informações prestadas à imprensa, a Câmara declinou do primeiro projeto de reforma, elaborado em conjunto com a Secretaria Municipal de Planejamento, que previa toda a parte administrativa do Legislativo no antigo Gabinete e os gabinetes dos parlamentares no prédio acima do Paço Municipal, onde se localizavam antigamente.

Setoguchi revelou que a proposta mais aceita prevê que setores como Secretaria, Contabilidade, Informática e Jurídico fiquem próximos ao plenário, juntamente com alguns gabinetes. Os demais vereadores, incluindo a Mesa Diretora e Presidência da Casa, ficariam alojados no antigo Gabinete do prefeito.

O presidente da Câmara admite que existe pressa em encerrar o contrato com o imóvel espelhado na Praça São José, mas garante que não haverá “atropelos”. A partir do momento em que o projeto de reforma for finalizado, haverá a contratação de uma empresa para executar as obras e, enfim, a mudança.

Nenhum comentário:

Leave a Reply

Scroll to top