Chuva provoca caos no Parque das Laranjeiras

Por Flávio Magalhães

A história se repete. O drama vivido ano após ano pelos moradores do Parque das Laranjeiras, zona Leste de Mogi Mirim, continua sem solução. Com as chuvas acima da média registradas no mês de maio, diversas ruas do bairro estão intransitáveis, causando incalculáveis transtornos para quem mora no local.

A reportagem de A COMARCA esteve na Rua Antonio Benedito Pereira (antiga Rua 24) na última quinta-feira, 25, e constatou a situação crítica em que se encontra a via. Os moradores presentes naquele momento externaram seu descontentamento com a situação. “A gente fica cansado de correr atrás. Fica no empurra-empurra”, relatou Giovana Coutinho Chagas da Silva, reclamando que ninguém assume a responsabilidade pela atual situação do bairro. “Se o prefeito morasse aqui, a rua não ficava assim”, desabafou.

Enormes valetas foram abertas pela enxurrada na antiga Rua 24, comprometendo a circulação de veículos. A reportagem de A COMARCA precisou acessar o local a pé. Para que os moradores possam sair de suas casas de carro, é preciso amenizar a situação crítica da rua. “Meu marido, para sair de casa e trabalhar, tem que arrumar a entrada da garagem, senão não consegue sair com o carro”, relatou Fabíola Magdalena Gonçalves.

A situação só não é pior por intervenção dos próprios moradores. Dona Vilma Maria da Silva, acompanhada do filho, teve a iniciativa de buscar restos de construção e de camada asfáltica perto do Supermercado Stock e levar até a rua onde mora para cobrir os buracos. “Os meninos não têm gosto de andar de bicicleta. É uma tristeza essa rua. Terra não resolve nada aqui, tem que ser cascalho”, afirmou.

(Flávio Magalhães/A COMARCA)

Criado no final de 1982, na gestão do ex-prefeito Ricardo Brandão, o Parque das Laranjeiras possui grande parte de suas ruas sem a devida pavimentação asfáltica. Cerca de 20% do loteamento foi regularizado na gestão de Luiz Netto e posteriormente asfaltado no governo Paulo Silva, com verbas próprias do município e uma emenda parlamentar do então deputado Carlos Nelson Bueno.

Outras quatro ruas foram asfaltadas na gestão do prefeito Gustavo Stupp, no entanto, ele não chegou a cumprir a promessa de asfaltar outras vias importantes, como a antiga Rua 30, por onde passa o transporte público coletivo. Uma verba do PAC de cerca de R$ 30 milhões chegou a ser anunciada pelo ex-prefeito, mas os sucessivos cortes de verbas do governo federal obstruíram a vinda desses recursos, que jamais chegaram a Mogi Mirim.

Nenhum comentário:

Leave a Reply

Scroll to top