Mogi Mirim é o pior time da Série C

Nenhum time está tão mal no Campeonato Brasileiro da Série C quanto o Mogi Mirim Esporte Clube. A nada honrosa marca foi confirmada após o Sapão da Mogiana amargar a terceira derrota em quatro jogos válidos pela terceira divisão do futebol nacional. Dessa vez, o revés foi em pleno estádio “Vail Chaves”, ao perder de 4 a 2 para o Bragantino.

Ao lado do Cuiabá (MT), o clube mogimiriano é o único que ainda não sabe o que é vencer no Brasileirão da Série C. No entanto, o time matogrossense, lanterna do Grupo A, já soma três pontos até aqui. Já o Mogi Mirim continua com um único ponto na tabela de classificação, sendo o lanterna do Grupo B e sério candidato ao rebaixamento.

O JOGO
O Bragantino começou jogando na base da pressão na tarde do último sábado, 03. Abriu o placar no estádio “Vail Chaves” logo aos cinco minutos. O lateral Bruno Oliveira cobrou falta na frente da área com perfeição, acertando o ângulo do goleiro Poti. Antes disso, o Braga já tinha dado duas pontadas no ataque.

O segundo gol não demorou a sair. Aos 14 minutos, após troca de passes no ataque, Vitor pegou a bola e cortou de um lado para outro. Depois soltou uma bomba e acertou o ângulo de Poti: 2 a 0. Aos poucos, porém, o Mogi Mirim também chegou ao ataque.

Aos 27 minutos, Régis recebeu a bola sozinho na grande área, mas virou e chutou para fora. O visitante respondeu aos 31 minutos, quando Pitio fez bom passe para Wellington, que driblou dois adversários e bateu forte, porém, para fora. De tanto insistir com chutes de longe, o Mogi Mirim diminuiu aos 40 minutos. Régis chutou sem força, mas o goleiro Rafael Pascoal demorou para cair na bola: 2 a 1.

O Sapão voltou mais ligado no segundo tempo e contou com a ajuda do árbitro que viu um empurrão de Bruno Oliveira sobre Lessinho dentro da área; pênalti. Na cobrança, Rodrigo bateu forte e empatou: 2 a 2, já aos três minutos.

O jogo ficou aberto e tudo poderia acontecer. Time mais técnico e mais bem organizado, o Bragantino fez o terceiro gol aos 37 minutos por Anderson Ligeiro. Ele recebeu a bola na grande área, fez o corte no adversário e bateu cruzado.

Os últimos minutos foram de desespero para o Sapão em busca do empate. No contra-ataque, o Braga matou o jogo com Felipe Silva, aos 47 minutos: 4 a 2. Agora, o Mogi Mirim vai até o Sul do Brasil para enfrentar o Ypiranga, da cidade de Erechim (RS), amanhã, a partir das 15 h. (com informações do Portal Futebol Interior)

Nenhum comentário:

Leave a Reply

Scroll to top