09 de julho presta tributo a combatentes

Pontual e emocionante. Assim pode ser definida a cerimônia realizada no último domingo, 09, na Praça 09 de Julho, por iniciativa do Rotary Club de Mogi Mirim, com apoio da Prefeitura e da Câmara Municipal – representada por seu presidente, vereador Jorge Setoguchi (PSD). A tradicional homenagem presta tributo aos mogimiranos que foram protagonistas da Revolução Constitucionalista de 1932.

O evento começou pontualmente às 09h10 e atraiu representantes da Polícia Militar, Guarda Municipal, Corpo de Bombeiros, Tiro de Guerra, grupos de escoteiros “Encanto das Matas” e “Valentino Balestro”, autoridades municipais, estudantes, Banda Lyra Mojimiriana, a comunidade rotariana, representantes da sociedade civil e populares.

O arquiteto Celso Mendes, um dos rotarianos presentes, fez as vezes de mestre de cerimônias do evento. Ele lembrou que até dois anos atrás ainda participava das homenagens o ex-combatente Afonso Zambrana, lamentando sua ausência. Outro rotariano de destaque que mais uma vez marcou presença foi o professor aposentado Benjamin Quintino, hoje com 91 anos.

A secretária de Educação do Município, Flávia Rossi, representou o prefeito Carlos Nelson Bueno (PSDB) e discursou. Realçou a importância da preservação da memória dos ideias que levaram os paulistas às armas, lembrando que, apesar da derrota para as tropas de Getúlio Vargas, dois anos mais tarde, em 1934, o país teve sua Constituição graças ao sangue dos combatentes de São Paulo.

José Roberto da Silveira Pedreira, 74, presidente do Rotary, depositou a coroa de flores junto ao mausoléu do Soldado Constitucionalista e depois discursou. Lembrou da memória de seu saudoso pai, Milton da Silveira Pedreira, fundador do Rotary de Mogi Mirim, que há 50 anos ajudou a criar aquele monumento.


Presidente do Rotary depositou coroa de flores no monumento em homenagem aos combatentes

Nenhum comentário:

Leave a Reply

Scroll to top