Mogi recebe exposição sobre padroeira do Brasil

Flávio Magalhães

Uma exposição fotográfica em homenagem a Nossa Senhora Aparecida, padroeira do Brasil. Assim pode ser definida a mostra “A Padroeira”, organizada pelo jornalista e fotógrafo Emerson Araújo, que chega ao Centro Cultural “Lauro Monteiro de Carvalho e Silva”.

A abertura oficial do evento será na próxima quinta-feira, 13, a partir das 20 horas, no Salão Nobre do Centro Cultural. A exposição deve se estender por lá até o final do mês, aberta para a visitação do público. Em outubro, ela desembarca na Igreja Matriz de Casa Branca.

Em entrevista para A COMARCA, Araújo revela que a exposição nasceu após uma experiência pessoal de fé. “As fotos foram feitas em uma viagem que fiz para a cidade de Aparecida do Norte, em agradecimento à Nossa Senhora”, contou.

“Minha filha Anna Júlia nasceu com hipoglicemia e ficou 12 dias internada na UTI”, detalhou. “Eu pedi ajuda à Nossa Senhora, ajoelhei e rezei na capela do hospital. Ela teve alta e então prometi que a primeira viagem para fora de Mogi Guaçu seria para Aparecida do Norte”, completou.

Cobrir como repórter fotográfico a missa na Basílica dedicada à santa em pleno 12 de outubro não foi tarefa das mais simples. Araújo relatou dificuldades em cumprir alguns trâmites burocráticos, não conseguindo a autorização na primeira tentativa. Em 2015, porém, deu tudo certo.

Em três dias, mais de quatro mil fotos registradas pelo jornalista. Após um longo trabalho de seleção, foram escolhidas 40 imagens. Essas peças fotográficas foram impressas em tamanho 40cm x 60cm e trazem imagens internas e externas da Basílica. “Retratam a peregrinação dos fiéis, o ambiente religioso, as procissões, a missa e o comércio ao redor”, comentou.

Uma conversa entre Araújo e o secretário municipal de Cultura e Turismo de Mogi Mirim, Marcos Dias dos Santos, abordando as comemorações pelos 300 anos da aparição da imagem da santa no Rio Paraíba do Sul, despertou a ideia de realizar a exposição. “Nós conversamos muito sobre isso e acabamos encontrando uma forma de apresentar esse trabalho”, afirmou o fotógrafo.

“Acredito que será uma oportunidade para muitas pessoas, que não tiveram a oportunidade de visitar Aparecida durante as festividades da padroeira, possam conhecer”.

Emerson Araújo é fotógrafo técnico pericial da Polícia Cientifica e começou sua carreira há 25 anos, como repórter fotográfico no jornal O Impacto. Também acumulou passagens em jornais como A COMARCA, Folha de S.Paulo e O Estado de S.Paulo.

O Centro Cultural fica à Avenida Santo Antônio, 430, no Centro de Mogi Mirim, e tem visitação em horário comercial.

(Foto: Emerson Araújo)

OFICINA
Paralelamente a exposição, o fotógrafo e jornalista Emerson Araújo vai lecionar por quatro dias (17, 22, 24 e 29 de julho) o curso básico e gratuito de “Fotografia Digital”. As aulas serão noturnas, das 19h às 21h.

As aulas teóricas e práticas serão feitas no Centro Cultural “Lauro Monteiro de Carvalho e Silva”, localizado na avenida Santo Antônio, 430, Centro.

No mesmo local também já pode ser efetivada a inscrição, entre as 08h e 17h. Os interessados nas 20 vagas disponíveis deverão ter idade acima de 16 anos, além de possuírem máquina fotográfica digital ou celular com câmera.

Na conclusão do curso, os alunos serão certificados e terão os trabalhos expostos entre os dias 03 e 16 de agosto no Salão Nobre do Centro Cultural.

“É uma oportunidade essencial para quem deseja se capacitar, se aprimorar profissionalmente. São cursos que a Cultura tem disponibilizado a fim de beneficiar a população do município”, destacou o secretário Marquinhos Dias.

Nenhum comentário:

Leave a Reply

Scroll to top