Prefeitura pede R$ 1 mi à Câmara para pagar folha; servidores querem protestos contra reajuste zero

Flávio Magalhães

O prefeito Carlos Nelson Bueno (PSDB), através de ofício, pediu à Câmara Municipal a devolução antecipada dos duodécimos (a verba garantida por lei ao Legislativo, repassada mensalmente pelo Executivo). Essa devolução é rotineira, mas ocorre tradicionalmente apenas em dezembro.

Como justificativa, o chefe do Poder Executivo explicou que os recursos serão utilizados para complementar pagamento dos salários dos funcionários públicos. O projeto de resolução que autoriza a manobra já está na Câmara e deve ser votado em breve. Caso aprovado, a Câmara devolverá R$ 1 milhão à Prefeitura.

O presidente da Câmara, Jorge Setoguchi (PSD), garantiu que do montante total que será devolvido ao Poder Executivo, já foram deduzidos os gastos que a Câmara terá com a reforma do antigo Gabinete. “O que a gente está colocando na mão do prefeito terá maior valia”, declarou.

A Prefeitura já tornou pública sua dificuldade com a folha de pagamento. Além de não poder gastar mais com o Funcionalismo, a Prefeitura também não tem dinheiro para gastar mais. A gestão de Gustavo Stupp (PDT) reservou R$ 153,5 milhões do Orçamento para honrar a folha de pagamento de 2017. O problema é que serão precisos R$ 163,7 milhões para isso. Uma diferença de R$ 10 milhões.

Alheios a isso, os funcionários se reuniram em assembleia na noite de quinta-feira, 17, na sede do Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Mogi Mirim (Sinsep). Em votação, eles rejeitaram a proposta de reajuste zero, mas também afastaram a possibilidade de greve. O presidente do Sinsep, Luciano Ferreira de Mello, explicou as limitações da Prefeitura e colocou as opções que os servidores tinham.

A maioria escolheu “fazer barulho”. Um protesto na manhã de hoje, 19, já deve ser visto na Praça Rui Barbosa. Além disso, os funcionários públicos devem comparecer em peso nas próximas sessões da Câmara Municipal. A ideia é demonstrar publicamente ao prefeito o descontentamento geral da categoria.



Nenhum comentário:

Leave a Reply

Scroll to top