Um desafio na capital mundial do jogo

Um grupo de mulheres de Mogi Mirim está se preparando para o que, talvez, seja o maior desafio na vida delas: participar de uma corrida no exterior. O detalhe é que a prova será realizada em Las Vegas, a capital mundial do jogo. É a Maratona Rock`n Roll de Las Vegas, uma das mais antigas e únicas maratonas realizadas nos Estados Unidos, já que mistura esporte e música. Afinal, há bandas se apresentando a cada milha do percurso, bem como na entrega dos kits e na chegada.

Com percursos extras, como a meia-maratona de 21 quilômetros e as provas de 10 e 5 quilômetros, o evento tem outro atrativo particular. O trajeto da prova é realizado pela região do Las Vegas Boulevard, onde se concentra a maior parte dos famosos hotéis e cassinos da cidade. Tudo previsto para acontecer entre os dias 11 e 12 de novembro.

Participar da tradicional prova em Las Vegas não será ao acaso. O motivo especial é a comemoração dos 40 anos de vida de Melissa Macedo Dorin, a única do grupo, de fato, com uma relação mais íntima com corridas. Enquanto educadora física, Mel, como também é conhecida, sempre gostou de esporte e a corrida faz parte da sua rotina profissional.

Sabrina, Melissa, Leandra e suas amigas estão se preparando para a Maratona

Devido a essa estreita relação com o esporte, Mel vinha alimentando um desejo: participar de uma corrida mais longa quando fizesse 40 anos. O percurso máximo que ela já completou foi de 15 quilômetros. Ela procurou no calendário de provas, um evento que ocorresse em novembro, mês de seu aniversário.

Com a ajuda das amigas, encontrou a Maratona Rock`n Roll de Las Vegas, “É uma cidade interessante e o percurso é bem legal”, disse Mel, que convidou as ‘colegas’ para irem junto. E todas toparam. É claro, vão levar os maridos juntos. Além da aniversariante, também enfrentará o desafio Leandra Velo Barros Bianchi, Daniela Perlato Green, Maria Luiza Brunheroto e Sabrina Mendes Zorzetto.

Todas correm pelo gosto e pelo bem-estar que a prática proporciona. Leandra pratica a atividade há cerca de um ano e meio. Fazia aulas de personal com Mel, amiga de infância, até iniciar as corridas. Em Las Vegas, participará dos 10 quilômetros. Sabrina já tem mais tempo de corridas. No início da idade adulta, participava de provas. Voltou a correr há cerca de quatro anos.

Na capital do jogo, irá para o desafio, juntamente com Mel, na meia-maratona de 21 quilômetros. “É um vício. Minha primeira prova foi de 5 quilômetros. E você sempre quer mais. Será um desafio grande. E uma prova dessa não é para qualquer um. Tem que treinar, se dedicar, ter vontade e disciplina. E o principal: pensamento positivo. É um esporte que não depende apenas do físico, mas, do psicológico também”, destacou.

Do grupo de 12 pessoas que irá a Las Vegas, 10 irão competir, sendo seis nos 10 quilômetros e quatro na meia-maratona (dois dos maridos não correrão). Para chegarem em condições de, ao menos, completarem o percurso, todos estão passando por uma preparação específica.

“Estamos mesclando treinos mais longos com trabalho de musculação, e fazendo uma adaptação na parte alimentar. Cada um tem uma planilha específica de preparação”, disse Mel. ”Não é só ir lá correr e terminar. Queremos que todos completem o percurso de maneira saudável, sem se lesionar. Que seja uma corrida agradável”, acrescentou.

Pelo fato do percurso ser plano e a corrida disputa no final da tarde, Mel acredita que não será uma prova muito desgastante. A preocupação, segundo ela, é com o tempo seco, próprio do outono norte-americano. Por isso, a recomendação ao grupo que for correr é que se hidratem bastante.

As amigas sabem o quanto será desafiador, mas, buscam se apegar a fatores externos para ter uma motivação extra. “Como as bandas estarão tocando, vai ser uma corrida bem animada”, comentou Sabrina. A experiência, ainda por vir, já motiva para uma futura aventura. Qual o desafio para 2018?


Nenhum comentário:

Leave a Reply

Scroll to top