Dia do Samba reúne 7 mil pessoas

Flávio Magalhães

Não seria exagero dizer que no último domingo, 03, Mogi Mirim foi a capital do Samba. O primeiro domingo do mês, já tradicionalmente marcado pelos eventos musicais do gênero, ganhou um grande reforço em comemoração ao Dia Nacional do Samba e atraiu cerca de 7 mil pessoas, segundo estimativa da Secretaria Municipal de Cultura e Turismo, baseada em informações da Guarda Civil Municipal.

A programação começou às 8h30 e se estendeu por aproximadamente 14 horas ininterruptas de música e festa. Entre as atrações, a tradicional Roda de Samba Entre Amigo, o grupo de zumba Mente em Foco, a banda Lyra Mojimiriana, o grupo de dança da professora Sandra Kussunoki, as três baterias de Mogi Guaçu (Verde e Rosa, Cludesp e Asas Show), o grupo Afoxé de Mogi Mirim e a Charanga do maestro Carlos Lima.

Teve espaço para as cantoras Arlene e Rosana Martins, e para um espetáculo da Orquestra Lyra Mojimiriana, sob regência do maestro Carlos Lima, com a cantora Bia Goes. O encerramento ficou por conta da atração mais aguardada da noite, Dominguinhos do Estácio, popular compositor e intérprete de samba-enredo.

Segundo a Secretaria de Cultura e Turismo, o público que passou pelo Teatro de Arena foi rotativo, mas houve momentos em que tanto a arquibancada quanto a área livre onde foram montadas as barracas de alimentação permaneceram lotadas. “Foi o maior evento deste e dos últimos anos”, definiu o secretário Marquinhos Dias.

Maísa Magalhães, mogimiriana que há alguns anos desfila pelo Carnaval paulista, marcou presença


Nenhum comentário:

Leave a Reply

Scroll to top