População volta a enfrentar onda de roubos a residência

Pelo menos três famílias moradoras da zona urbana de Mogi Mirim sofreram nas mãos de criminosos, quando estes, após renderem moradores, invadiram casas e praticaram roubos.

As ações registradas pela polícia nesses últimos dias ocorreram nos bairros Parque Real, Jardim Murayama II e Santa Cruz.

A vítima do Parque Real foi dominada quando chegava em sua casa, junto com seu filho de 10 anos, por volta das 19h. Dois homens armados a abordaram na entrada da casa e anunciaram o roubo.

Ela foi rendida quando ainda estava no interior de seu carro e obrigada, junto com seu filho, a entrar na casa com os bandidos. As vítimas foram mantidas sob a mira de armas. Um dos criminosos revirou a moradia, buscando por objetos de valores que foram colocados no carro da vítima, que também foi levado. Após se apoderarem dos objetos, os bandidos trancaram os moradores em um banheiro, de onde foram libertadas com a ajuda de vizinhos.

Os outros dois crimes ocorreram na quarta-feira, 10, em horários distintos. A primeira ação foi no Jardim Murayama II, quando a moradora de 71 anos foi surpreendida por dois homens armados, quando ainda estava em seu quarto, por volta das 7h45 da manhã.

Os bandidos exigiam dinheiro, mas não concluíram a ação totalmente, pois um vizinho da vítima a chamou no portão, fazendo com que a dupla fugisse pelos fundos.

A outra invasão a residência aconteceu na noite da quarta-feira, no bairro Santa Cruz, quando uma mulher foi surpreendida na porta de sua casa por três elementos, estando dois armados.

Os criminosos renderam a vítima e roubaram dinheiro, celulares e uma mala de roupa. Para fugir, os bandidos utilizaram um VW Saveiro, que foi abandonado posteriormente e localizado pela Guarda Civil Municipal. O veículo possuía queixa.


Nenhum comentário:

Leave a Reply

Scroll to top