Promotoria arquiva investigação contra CNB

Flávio Magalhães

O promotor Rogério Filócomo Júnior arquivou um inquérito civil que investigava se o prefeito Carlos Nelson Bueno (PSDB) se utilizou do Jornal Oficial de Mogi Mirim e do site da Prefeitura para promoção pessoal. A denúncia partir da bancada do PMDB na Câmara Municipal, isto é, dos vereadores Tiago Costa e Moacir Genuário.

O representante do Ministério Público observou que as fotografias no Jornal Oficial e no site não destacam a figura do prefeito, que aparece em eventos políticos e administrativos acompanhado de outros agentes públicos. Além disso, considerou que o teor das matérias não faz alusão a promoção pessoal de Carlos Nelson.

Filócomo não viu elementos que pudessem configurar “marketing político”, entendendo que as publicações eram de caráter informativo, justificando o arquivamento da denúncia, que agora será remetida para reexame no Conselho Superior do Ministério Público.

Contudo, o promotor lembrou que o ex-prefeito Gustavo Stupp (PDT) foi alvo de semelhante denúncia, que também fora arquivada. Na oportunidade seguinte, porém, houve publicação de fotos que configuraram promoção pessoal. Há uma ação na Justiça sobre o assunto. Por isso foi recomendado a Carlos Nelson que mantenha cautela em suas ações divulgadas pelo Jornal Oficial.



Nenhum comentário:

Leave a Reply

Scroll to top