Foto de mogimiriano vence prêmio internacional

O fotógrafo Fabiano Franco, 31 anos, natural de Mogi Mirim, foi premiado recentemente com o Fearless Award, um concurso internacional patrocinado pela Fearless Photographers, uma associação internacional de fotógrafos de eventos especializados em casamentos.

A foto premiada foi feita em 2014 durante uma festa de casamento em Itapira – onde reside há mais de 13 anos – na qual Franco era o fotógrafo da cerimônia. A imagem contemplada mostra duas mãos se segurando, um contraste com um tom de realismo bastante expressivo, entre a pele enrugada de uma senhora e a manga comprida da indumentária usada pelo esposo, cena realçada depois pelo uso do preto e branco.

A fotografia premiada

Coincidentemente, a senhora que segura a mão do esposo faleceu recentemente, o que, segundo o profissional, acabou fazendo da foto uma homenagem póstuma para a família. Outra curiosidade a respeito da foto é o fato do autor tê-la inscrito em outros concursos, aqui mesmo no Brasil e, embora tenha se destacado com outros trabalhos, com esta foto, especificamente, não obteve anteriormente o reconhecimento alcançado agora. “Tenho o hábito de me informar a respeito de concursos de fotografia e gosto de participar. Fato é que insisti com esta fotografia e acabei sendo recompensado”, comentou.

Franco informou ainda que no primeiro trimestre deste ano conseguiu registro nos quadros de fotógrafos com cadastro na Fearless, que tem sede nos Estados Unidos. “O ingresso na Fearless é um processo moroso. Há pelo menos dois anos eu tinha meu trabalho sendo monitorado e acabei sendo selecionado”, relatou.

O fotógrafo explicou que recebe informações através do site da instituição e também de forma personalizada. Foi assim que ficou sabendo do concurso. A equipe de jurados selecionou 200 trabalhos de fotógrafos do mundo todo. Com base na imagem captada, a fotografia selecionada é conduzida para três categorias específicas: Arte e Beleza, Crianças e Cenas Hilárias, e Momentos, categoria esta última onde figurou a foto feita pelo mogimiriano.

Franco contou ainda que se mudou para Itapira para trabalhar na empresa Cristália Produtos Químicos e Farmacêuticos, mas, que depois disto, começou a despertar nele a vocação de fotógrafo, quando jogou tudo para o alto para se dedicar à nova atividade, realizando diversos cursos de capacitação no Brasil e até no exterior.

Fabiano Framco
O profissional acredita que a premiação vai ajudar a popularizar ainda mais seu trabalho. Ainda conforme mencionou, no Brasil, apenas 37 fotógrafos já receberam o prêmio. No estado de São Paulo são apenas oito. “Embora não seja distribuído prêmio em dinheiro, fato é que ter seu nome incluído entre profissionais que se destacaram dentro de um concurso com esta importância, pode abrir portas, por exemplo, para receber convites para fotografar até no exterior”, avalia. Deixou escapar ainda que recebeu convite para lecionar em um Workshop de Fotografia de Casamento que será realizado no ano que vem na Irlanda.

Nenhum comentário:

Leave a Reply

Scroll to top