Fatec cria ‘presépio vivo’ para o Jardim Velho

Alunos do primeiro semestre do curso de Mecatrônica Industrial da Faculdade de Tecnologia (Fatec) “Arthur de Azevedo” concluíram na tarde da última quinta-feira, 6, o presépio vivo que estará exposto durante todo o final de ano na Praça Floriano Peixoto, o Jardim Velho. Ao todo, cinco peças foram levadas para o local.

Após o Natal, as peças serão doadas à Associação Comercial e Industrial de Mogi Mirim (Acimm) e, no próximo ano, alunos do mesmo curso deverão criar outros personagens para o presépio, que a partir de agora estará presente nas praças da cidade.

A riqueza de detalhes e o movimento dos integrantes do presépio chama a atenção de quem passa pelo local. O trabalho consumiu cerca de quatro meses dos estudantes. Segundo Rogério Lara Neto Leite, professor e coordenador do curso de Mecatrônica, o projeto de Natal foi um desafio e envolveu vários alunos da Fatec. “Todos aprenderam juntos durante a troca de informações”, disse.

Já o professor Helder Anibal Hermini, responsável pelo projeto, destacou que a unidade do grupo e o comprometimento de cada integrante fez a diferença. “O mais importante é saber que a chegada de nosso trabalho contempla um momento especial, que é o resgate do Jardim Velho”, destacou.

Para André Giraldi, diretor da Fatec de Mogi Mirim, a parceria com a Acimm é algo duradouro e tem tudo para dar bons frutos no futuro. Segundo ele, essa é a terceira vez que a instituição desenvolve algo para colaborar com a associação.

(Foto: Nelson Victal do Prado Júnior/Acimm)

RESTAURADO
Também nessa semana, um ícone do Jardim Velho voltou à ativa. A fonte do Menino do Guarda-Chuva (também conhecido como Menino Pescador) voltou a funcionar graças a uma união de esforços que envolveu a Acimm e a Prefeitura de Mogi Mirim, resgatando um dos mais tradicionais cartões postais da Cidade Simpatia.

Nenhum comentário:

Leave a Reply

Scroll to top