Sandro Natividade é reeleito presidente da OAB

Flávio Magalhães

O atual presidente da subseção de Mogi Mirim da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), Sandro Henrique Natividade, foi reeleito para mais um mandato. As eleições ocorreram na última quinta-feira, 29, e elegeram a chapa da situação, “Ordem em Progresso”, com 194 votos, 51,5% do total, desconsiderando os brancos e nulos.

Encabeçada por Natividade, a chapa vencedora é composta pelos advogados Elisete Rosolen (vice-presidente), Eduardo Felizardo (secretário-geral), Luciana Bichara Battaglini Zenari (tesoureira) e Rosana Peris de Figueiredo Moraes (secretária-geral adjunta). O mandato será de três anos, isto é, de 2019 e 2021.

Houve ampla margem de votos sobre as demais duas chapas concorrentes, que tiveram votações aproximadas. A chapa 3, de Marco Delatorre Barbosa, conquistou 97 votos ao todo (25,7%), seguida pela chapa 2, de Valquíria Aló, que contabilizou 86 votos (22,8%). Brancos e nulos somaram 6 votos. Estavam aptos a votar na subseção de Mogi Mirim 625 advogados, dos quais 383 compareceram.

Após a confirmação da vitória, em apuração feita na Casa do Advogado, Natividade conversou com a imprensa. Atribuiu a reeleição ao reconhecimento do trabalho feito no último mandato. Citou as reformas na própria Casa do Advogado de Mogi Mirim e na de Conchal, cidade subordinada à subseção local. “As outras duas chapas eram grandes chapas, com grandes nomes, mas o nosso trabalho foi reconhecido”, resumiu.

Para o próximo triênio, Natividade pretende continuar trabalhando pelo jovem advogado e pela mulher advogada. “Já fizemos muito, mas tende a melhorar”, garantiu. Cursos voltados à colocação dos jovens profissionais no mercado de trabalho também devem ser intensificados, além da conclusão da reforma na Casa do Advogado, sede da subseção local.

Chapa 1, da situação, obteve mais da metade dos votos nas eleições do dia 29


ESTADUAL
O advogado Caio Augusto Silva dos Santos, de 43 anos, foi eleito como novo presidente da OAB/SP. Atual secretário-geral, ele declarou oposição à gestão comandada por Marcos da Costa, que acabou derrotado nas eleições de quinta-feira, 29. Em Mogi Mirim, Caio também conquistou a maioria dos votos: cerca de 45% do total.

A apuração para a presidência da seccional paulista da OAB ainda não havia terminado quando Natividade concedeu entrevista à imprensa, mas questionado sobre a possibilidade de vitória de Caio Augusto, a quem o presidente da OAB de Mogi Mirim declarou apoio, ele respondeu que o atual secretário-geral da Ordem seria como presidente um importante canal de abertura para o interior do estado.

Nenhum comentário:

Leave a Reply

Scroll to top