Construrban foi notificada 13 vezes pela Prefeitura em 2018

A Construrban, empresa responsável pela coleta de lixo em Mogi Mirim, foi notificada 13 vezes pela Prefeitura somente no ano passado, sobre os mais variados motivos. O principal deles, a não realização dos serviços da forma prevista em contrato. A informação foi confirmada pela própria Administração Municipal à reportagem de A COMARCA.

A Prefeitura informou ainda que já foi aplicada uma multa à empresa. “A sanção está em processo de aplicação por parte da Secretaria de Suprimentos e Qualidade, a fim de glosar o pagamento feito à Construrban”, informou a Administração Municipal, em nota. A paralisação dos serviços já ocorreu em algumas oportunidades em anos anteriores, porém se intensificou em 2018.

A primeira delas foi logo no mês de janeiro, quando os coletores de lixo cruzaram os braços por falta de pagamento. Essa situação se repetiu, pelo mesmo motivo, no mês de junho, quando os trabalhadores organizaram uma nova paralisação, dessa vez suspendendo em 100% o serviço da Construrban em Mogi Mirim.

Menos de um mês depois, em julho, os coletores de lixo entraram em greve mais uma vez. O motivo foi o descumprimento por parte da empresa de um acordo com o sindicato da categoria, referente ao plano de saúde dos trabalhadores. No final de novembro, a cidade ficou sem coleta de lixo durante o final de semana devido ao não pagamento da primeira parcela do 13º salário dentro do prazo.

Recentemente, na semana entre o Natal e o Ano Novo, o serviço mais uma vez não foi realizado. A Construrban alegou problemas mecânicos em seus quatro caminhões. Sobre essa ocorrência, a Prefeitura chegou a emitir uma nota classificando o fato como “atitude injustificável e passível de sanções previstas em contrato”.

A Administração Municipal já advertiu a empresa que poderá ter o contrato cancelado, caso volte a apresentar problemas. Contudo, o cancelamento contratual só pode ser feito mediante faltas graves previstas em contrato, como a negação da realização do serviço. O contrato atual com a Construrban está vigente até 2020.



Nenhum comentário:

Leave a Reply

Scroll to top