Desfiles cívicos serão retomados para celebrar 250 anos de Mogi

Flávio Magalhães

No início da noite de quarta-feira, 30, foi dada a largada para as festividades dos 250 anos de Mogi Mirim. Um evento na Estação Educação apresentou oficialmente o selo comemorativo para a data e os membros da comissão encarregada de preparar a programação ao longo deste ano.

Uma das novidades, já confirmada pela secretária de Educação Flávia Rossi, é a retomada do tradicional desfile de 22 de outubro em seu formato tradicional, envolvendo escolas do município, fanfarras e demais entidades. “As fanfarras que comecem a esquentar”, disse Flávia, destacando que o prefeito Carlos Nelson Bueno (PSDB) já está convidando por ofício todas as unidades escolares e outros órgãos.

Os desfiles de 7 de setembro e 22 de outubro foram cancelados em Mogi Mirim ainda na gestão do ex-prefeito Gustavo Stupp (PDT), que justificava a medida como corte de gastos, diante da crise financeira vivida pela Prefeitura. A partir de 2017, já no governo Carlos Nelson, foram organizados atos cívicos pela Prefeitura na Praça Rui Barbosa, como alternativa para celebrar as datas comemorativas.

A ideia da comissão de festejos é divulgar um calendário de eventos em comemoração aos 250 anos de Mogi Mirim em todos os meses do ano, já começando por fevereiro. “Uma cidade da história de Mogi Mirim merece um ano de comemorações”, declarou a secretária. “É um ato histórico e de amor pela cidade que nos acolheu e em que a gente vive”, definiu ainda Flávia.

Carlos Nelson também ressaltou a importância dos festejos. “Mogi Mirim é uma cidade historicamente rica, teve um papel muito importante no Império e no início da República”, comentou. “Uma cidade com forte presença no panorama nacional”, completou. O prefeito convidou a população a participar com entusiasmo das comemorações. “Quem faz a história não são as autoridades, é o povo”.

SELO
Desenvolvido pela Secretaria Municipal de Relações Institucionais e aprovado pela comissão, o selo comemorativo dos 250 anos de Mogi Mirim foi idealizado nas cores oficiais da cidade (amarelo e vermelho) e traz o principal cartão postal da cidade: a Igreja Matriz de São José. A logomarca será utilizada em documentos oficiais e até na frota de veículos da Prefeitura.

COMISSÃO
Formada por representantes da Prefeitura e da sociedade civil, a comissão possui 20 membros. Pela Administração Municipal estão a primeira-dama Maria Paula Bueno, o secretário de Relações Institucionais Beto Amorim, a secretária de Educação Flávia Rossi, o secretário de Cultura e Turismo Marquinhos Dias, o secretário de Esportes Osvaldo Dovigo e o turismólogo Ed Alípio.

Completam a equipe a professora e coordenadora da Etec “Pedro Ferreira Alves” Amanda Urbini; o diretor da Etec, André Luiz dos Santos; o presidente do Conselho Municipal de Políticas Culturais, André Almeida; o diretor da Fatec “Arthur de Azevedo”, André Giraldi; o fundador e diretor artístico da Lyra Mojimiriana, maestro Carlos Lima, o vice-presidente do Clube Mogiano, Marcelo Paganini; o escritor e historiador Nelson Patelli; a dirigente regional de ensino, Regina Navas; a escritora, historiadora e colunista de A COMARCA, Rosana Bronzatto; a professora Silva Franco; a cofundadora do ICA, Tarcísia Mazon; o artista plástico Tóride Celegatti; a artista plástica e proprietária da Sauber Beer, Vanesca Marquetti; e a advogada Vilma Dellafina Scian.



Nenhum comentário:

Leave a Reply

Scroll to top