Iluminação pública deve receber investimentos de R$ 2,2 milhões

A Prefeitura pretende investir cerca de R$ 2,2 milhões para a implantação de novos sistemas de iluminação em áreas pontuais da cidade. São pelo menos três projetos nesse sentido, que são objetos de concorrências para a contratação de empresas especializadas. O objetivo é dotar a cidade de sistemas modernos, que ofereçam um melhor desempenho energético, além de dar um novo visual e aumentar a segurança da população.

Das três licitações, uma foi aberta em 2018 e já está concluída. A empresa Tecnolumen Iluminação Urbana, de Ribeirão Preto, foi a vencedora da tomada preço para a substituição do sistema de iluminação pública da Praça Rui Barbosa. O valor contratado é de R$ 314.447,09. Serão instalados 97 novos postes, sendo 13 deles destinados à frente e às laterais da Igreja de São José. Haverá projetos modulares específicos para a Igreja e para os monumentos, incluindo o chafariz.  O serviço já foi iniciado.

A troca do sistema de iluminação é o segundo passo para o processo de revitalização completa da Praça Rui Barbosa, iniciado em 2017 com a remodelagem paisagística. A Prefeitura justificou o procedimento, destacando que a ‘Rui Barbosa’ é a principal praça da cidade, com grande fluxo de pessoas e composta de monumentos importantes, como o Relógio de Sol, o monumento a Rui Barbosa, o marco geodésico, o chafariz e o coreto. Além disso, faz divisa imediata com a Praça São José, onde está localizada a Igreja Matriz de São José.

A Administração destaca que o sistema de iluminação atual é composto por luminárias de pequeno porte em diversos pontos, com lâmpadas de vapor de sódio com eficiência luminosa limitada. Por isso, a revitalização do sistema é importante para recuperação paisagística da praça.

As outras duas licitações foram abertas neste ano. Umas delas diz respeito ao sistema de iluminação pública da avenida Prefeito Adib Chaib e da Rodovia Deputado Nagib Chaib (ligação com Mogi Guaçu). Para esta concorrência, cujo serviço está orçado em R$ 898.699,28, as empresas interessadas deverão entregar os envelopes contendo a documentação e as propostas na Secretaria de Suprimentos e Qualidade até as 14h55 do dia 11 de março de 2019. A sessão de abertura dos envelopes acontece logo em seguida.

A empresa vencedora terá um prazo de três meses para executar os serviços de implantação de conjuntos completos de iluminação pública, compreendendo luminárias integradas tipo LED, com potência nominal de 170W, em substituição a luminárias integradas já existentes e instaladas em braços longos e acessórios para fixação existentes, sendo ainda reinstalados os relês fotoeletrônicos 220V existentes, em rede secundária e posteação existente.

Estão previstos 422 conjuntos de luminárias integradas tipo LED, sendo 138 na Nagib Chaib e 284 na Adib Chaib. Deverão ser incluídos todos os serviços e obras necessários ao completo atendimento ao projeto e às especificações técnicas contidas no presente edital, bem como os valores referentes ao canteiro de obras, taxas e licenças, despesas indiretas, impostos e lucro.

A empresa também será responsável pela instalação correta de canteiro de obras e das medidas de segurança patrimonial e física dos trabalhadores e dos pedestres. Para isso, deverão ser instaladas placas de obra nos locais que receberão os serviços, conforme indicação da fiscalização.

Em outra concorrência, a Prefeitura orçou em pouco mais de R$ 1 milhão os serviços de expansão do sistema de Iluminação Pública nas Chácaras Planalto Bela Vista, Parque das Laranjeiras, e Marginais da Rodovia SP-340. Os envelopes deverão ser entregues na Secretaria de Suprimentos e Qualidade até as 14h55 do dia 25 de fevereiro, data da análise das documentações.

Neste processo, serão quatro serviços onde serão implantados mais de 230 conjuntos completos de iluminação pública, compreendendo luminárias integradas tipo LED, com potência nominal de 100W, braços longos e acessórios para fixação e acionadas individualmente através de relês foto eletrônicos 220V, em rede secundária de 4.847 metros.

O principal projeto é o do Parque das Laranjeiras, já que serve como preparativos à realização de serviços de infraestrutura da chamada “fase 1” do bairro, que consumirá cerca de R$ 18,5 milhões, de um total de 19,9 milhões financiados pela Prefeitura junto à Caixa Econômica Federal para obras de mobilidade urbana, mais os R$ 2,2 milhões de contrapartida.



Nenhum comentário:

Leave a Reply

Scroll to top